NOTÍCIAS

Reservatório com capacidade para 4 milhões de litros de água será construído em Divinópolis/MG

Com recursos de aproximadamente R$ 6 milhões, o empreendimento integra as melhorias do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) que estão sendo realizadas na cidade

reservatorio

Imagem ilustrativa

Um reservatório com capacidade para 4 milhões de litros de água será construído em Divinópolis. Segundo divulgação da Agência Minas, canal oficial do Governo de Minas Gerais, na sexta-feira (24), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) dará início imediato às obras.

O empreendimento integra as melhorias do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) e terá recursos de aproximadamente R$ 6 milhões. A informação havia sido repassada pelo presidente da companhia, Carlos Eduardo de Castro, que esteve na TV Integração na semana passada. (veja abaixo).

A ordem de serviço foi assinada pelo presidente da companhia na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Rio Itapecerica na quinta-feira (23). A unidade, localizada na Avenida Paraná, está em fase de testes, tem 95% das estruturas concluídas e será construída com tecnologia que permite a execução em curto prazo.

“Foi dada a ordem de serviço da construção do reservatório que vai ficar no alto da Paraná. A obra já começa agora, imediatamente, e dentro desse pacote nós temos outras obras espalhadas pela cidade que somam quase R$ 70 milhões”, afirmou.

Outras obras

Mais de sete mil pessoas serão contempladas após a conclusão da segunda etapa das obras que ocorre na região Noroeste e contempla, entre outros, os bairros Alto São Vicente, Liberdade e Serra Verde.

No Bairro Liberdade, serão construídos dois reservatórios com capacidades para 525 mil litros, 14 quilômetros de redes de distribuição de água, estação elevatória e duas unidades de bombeamento.


LEIA TAMBÉM: COMUNIDADES RURAIS DE GUARAPARI/ES RECEBERÃO MELHORIAS NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA


Neste ano, também foram implantados três poços na região do Bairro Lagoa Park. Todos foram equipados, estão interligados ao sistema e operam 24 horas por dia para o abastecimento de mais de 1.350 ligações.

Essas intervenções beneficiam os moradores dos bairros Chácaras Beira Rio, Davanuze, Lagoa Park, Santa Lúcia e Vale do Sol. Outras unidades, nos bairros Jardinópolis João Paulo II, Ponte Funda e Santo André, ainda serão equipadas e também interligadas ao sistema nos próximos meses.

“Essas são ações presentes e de futuro breve. A companhia entende que, junto com a prefeitura, deve ser uma alavanca, uma mola propulsora para o desenvolvimento da cidade e da região. E uma maneira de fazer isso é transformar palavras em atos concretos como essa assinatura e como várias outras”, ressalta o presidente da Copasa, Carlos Eduardo Tavares de Castro.

Esgotamento Sanitário

A Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram) autorizou a Copasa a retomar os testes da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do rio Itapecerica que tem a capacidade de tratar 93% do esgoto da cidade. São quatro reatores que receberão 400 litros por segundo de efluentes.

As obras do Sistema de Esgotamento Sanitário na cidade – avaliada em mais de R$ 143 milhões – estão com 13 frentes de serviço. A empresa responsável pelo trabalho implantará estações elevatórias, redes coletoras e interceptores.

Ao todo, mais de 120 quilômetros de tubulação serão instaladas em Divinópolis e no Bairro Santo Antônio dos Campos, conhecido como Ermida.

Fonte:G1.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: CRISE HÍDRICA EM UBERABA É TEMA DE REUNIÃO; CODAU DIVULGA AÇÕES E OBRAS PARA AMPLIAR ABASTECIMENTO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: BELO HORIZONTE, FORTALEZA E RECIFE REGISTRAM BAIXA CARGA DO NOVO CORONAVÍRUS EM SEUS ESGOTOS, ENQUANTO CURITIBA TEM TENDÊNCIA DE QUEDA. BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO SEGUEM COM CARGAS ELEVADAS