Notícias

Suez vende sua participação na ESSAL por 92 milhões de dólares

Suez vende sua participação na ESSAL para a canadense APUC por 92 milhões de dólares

 

Águas Andinas, uma subsidiária da SUEZ, acertou com a Algonquin Power & Utilities Corp (APUC), uma empresa canadense dedicada à energia renovável e serviços públicos regulados, a venda de 100% de sua participação na Empresa de Serviços Sanitários de Los Lagos SA (ESSAL) no âmbito de uma oferta pública de aquisição. Assim, a APUC vai adquirir 53,51% da ESSAL por um preço estimado de compra de 92,3 milhões de dólares , conforme anunciado na última sexta-feira por meio de comunicado da multinacional canadense. Além disso, devido à regulamentação local, um processo de oferta pública também será lançado para o total de ações remanescentes da ESSAL.

 

De acordo com a nota da APUC, esta aquisição representa uma oportunidade para expandir sua presença regulada em um país da OCDE com uma das maiores taxas de crescimento do PIB e um dos menores riscos da América Latina.

“A aquisição da ESSAL apoia o programa de crescimento estratégico da APUC e expande nossa presença regulamentada em um país da OCDE historicamente estável e favorável ao investimento estrangeiro, com uma estrutura regulatória forte”, disse ArunBanskota, CEO da APUC. “Como a primeira empresa internacional de água da APUC, a ESSAL se beneficiará de nossa competência central de propriedade responsável, além de alavancar nossas melhores práticas de segurança, excelência operacional e inovação. Estamos entusiasmados com esta oportunidade de atender às necessidades de água de nossos clientes.

 

Por outro lado, a APUC está empenhada em manter equipes operacionais e de gestão locais e experientes após o fechamento da transação e espera continuar a investir no sistema de água para melhorar as operações, compartilhando as melhores práticas com seus outros serviços públicos. 

 

“Com esta transação, fortalecemos nossa capacidade de fazer os investimentos que as mudanças climáticas exigem, que também se traduzirão em geração de empregos e atividade econômica quando o país mais precisar”  Disse Marta Colet, CEO da Aguas Andinas “A entrada da Algonquin no mercado chileno de serviços de água é um sinal de quão forte e atraente este setor é para investidores internacionais, uma indústria com oportunidades de crescimento significativas na qual Aguas Andinas continua a ser um jogador importante”.

LEIA MAIS: https://tratamentodeagua.com.br/minas-qualidade-agua/

 

De acordo com a informação prestada pela SUEZ num comunicado de imprensa, esta disposição está em linha com o plano estratégico Shaping SUEZ 2030, pelo qual o Grupo está a reorientar capital para negócios que se enquadrem na sua estratégia de crescimento seletivo. A transação, sujeita a aprovações regulatórias, deve ser concluída no quarto trimestre de 2020.

Crise da água em Osorno

Em julho de 2019, a cidade de Osorno sofreu um corte de água potável por mais de uma semana devido a um derramamento de óleo na usina de água potável de Caipulli, que abastece cerca de 200 mil pessoas. 

 

agua

 

O abastecimento de água foi restaurado uma semana depois, mas dias depois bactérias fecais foram detectadas na água tratada durante as análises na rede de distribuição.

Os protestos contra a ESSAL e a resposta dos cidadãos atingidos levaram à renúncia de Guillermo Pickering, presidente da concessionária e de Águas Andinas, além da abertura de um processo de caducidade pela Superintendência de Serviços Sanitários (SISS).

Isto levou a Aguas Andinas a anunciar a venda da sua participação na ESSAL no início de 2020 com o objetivo de “focar a sua atividade empresarial nas suas atuais prioridades estratégicas”, processo que culminou com o anúncio da APUC de aquisição da empresa.

Sobre ESSAL

A ESSAL presta serviços de produção e distribuição de água potável, bem como de coleta e tratamento de águas residuais, e possui aproximadamente 230.000 ligações no sul do Chile. A concessionária opera 48 sistemas de produção de água potável, 29 estações de tratamento e 4.100 km de redes de distribuição e esgoto que cobrem 33 municípios em três regiões. A ESSAL atualmente atende a mais de 224.000 residências e 10.000 empresas no Chile.

 

Fonte: Iagua


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *