Notícias

Ameba comedora de cérebro é encontrada em água de abastecimento no Texas – EUA

Publicado em 12/10/2020 às 08:15:28

Um contaminante particularmente assustador foi detectado no abastecimento de água do Texas nos EUA, levando um alerta para os residentes em uma pequena parte do estado

 

ameba

 

“Moradores de oito cidades foram alertados de que uma ameba comedora de cérebro foi encontrada em um abastecimento de água no sudeste do Texas, levando uma das cidades a emitir uma declaração de desastre”, relatou a CNN . “A Comissão de Qualidade Ambiental do Texas [TCEQ] emitiu um aviso de água para residentes atendidos pela Brazosport Water Authority alertando os clientes para não usarem água devido à presença de Naegleria fowleri, uma ameba comedora de cérebro, encontrada no abastecimento de água”.

Naegleria fowleri apareceu em sistemas de água periodicamente durante anos. Ele matou vítimas na Califórnia em 2016 e na Carolina do Sul em 2015, levando a declarações de emergência e novos padrões de serviços de água.

Neste surto recente, Josh McIntyre, de 6 anos, morreu após contrair o micróbio, o que levou à descoberta da ameba em testes de amostras de água como parte da investigação.

“Três dos 11 testes de amostra indicaram resultados positivos preliminares para o micróbio comedor de cérebro, com uma amostra vindo de uma das torneiras da casa do menino”, relatou a AP News . “A TCEQ disse que está trabalhando com as autoridades municipais para lavar e desinfetar o sistema de água. Até que o processo de lavagem e desinfecção seja concluído, a cidade permanece sob o aviso para a fervura da água”.


LEIA TAMBÉM: MONITORAMENTO IDENTIFICA PONTO DE COLETA DE ESGOTO LIVRE DA COVID-19 EM MINAS GERAIS


Primeiras mortes

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) , as primeiras mortes causadas por amebas encontradas na água da torneira dos sistemas públicos de água potável nos EUA ocorreram em 2011 e 2013. Embora um aviso sobre água fervente tenha sido considerado necessário em partes do Texas, Naegleria fowleri é mais frequente devido à interação recreativa com o abastecimento de água, em oposição ao consumo.

“A infecção geralmente é fatal e normalmente ocorre quando as pessoas vão nadar ou mergulhar em locais de água doce quente, como lagos e rios”, de acordo com a AP News. “Em circunstâncias muito raras, infecções por Naegleria também podem ocorrer quando a água contaminada de outras fontes (como água de piscina com cloro inadequado ou água de torneira aquecida e contaminada) entra no nariz”.

Segundo a CNN, “o CDC diz que, embora as infecções por Naegleria fowleri sejam raras, a maioria é fatal. De 2009 a 2018, apenas 34 infecções foram relatadas nos Estados Unidos. De acordo com o CDC, 145 pessoas foram infectadas de 1962 a 2018 e apenas quatro sobreviveram.”

Fonte: Water Online

Tradução e adaptação: Renata Mafra

Produtora de conteúdo

renata@webapp233877.ip-104-237-133-206.cloudezapp.io


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: CNI LANÇA ESTUDO SOBRE REÚSO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS E SEUS IMPACTOS ECONÔMICOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: GOVERNO DE SÃO PAULO ABRE CONCORRÊNCIA PARA USINA FOTOVOLTAICA FLUTUANTE NA REPRESA BILLINGS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *