NOTÍCIAS

Sanepar investe R$ 177 mi para executar projetos em diversos municípios

governo-pr-sanepar-protocolo-toledo

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está com uma série de projetos em andamento em diversos municípios

 

agua

Imagem Ilustrativa

 

Ponta Grossa, Castro, Telêmaco Borba, Carambeí, Ortigueira e Cândido de Abreu são contempladas com obras na rede de água e esgoto no Paraná.

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está com uma série de projetos em andamento nos Campos Gerais. Ao considerar apenas as obras que estão em fase de execução ou já foram oficializadas, a empresa pretende investir um total de R$ 177 milhões na região. As cidade contempladas são: Ponta Grossa, Castro, Telêmaco Borba, Carambeí, Ortigueira e Cândido de Abreu.

Um dos municípios que receberá grande ampliação na rede de água e esgoto é Castro, que ainda pretende licitar obras avaliadas em R$ 100 milhões. O projeto, que deverá abranger toda a área urbana, prevê uma nova rede de captação, investimentos em reservatórios e em equipamentos de controle de vazão e pressão. A estação de tratamento também será ampliada. Para o esgotamento sanitário, haverá uma revitalização sistema de tratamento e serão instaladas novas elevatórias de efluente sanitário.

Em Telêmaco Borba, a Companhia já confirmou obras avaliadas em R$ 16,4 milhões. As iniciativas incluem a ampliação do sistema de abastecimento, que devem incrementar a distribuição de água em até 60%. A proposta também traz um novo reservatório de água com capacidade de 900 mil litros. No momento, estão sendo instalados 17 quilômetros de tubulações para garantir o acesso da população água tratada.

Na cidade de Carambeí, estão em curso algumas obras que vão trazer uma maior qualidade de vida para a população. O investimento soma R$ 12 milhões. A obra contempla a instalação de dois novos reservatórios de água tratada que, juntos, vão incrementar um milhão de litros à capacidade de reservação do sistema. Também serão instalados cerca de cinco quilômetros de novas redes de distribuição de água, além de equipamentos de bombeamento e válvulas redutoras de pressão. No sistema de esgoto, a principal ampliação será na Estação de Tratamento de Esgoto Polo II, que terá capacidade de tratamento aumentada de 10 para 50 litros por segundo, entre outras melhorias.


LEIA TAMBÉM: SANEPAR VAI AMPLIAR ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO


No município Ortigueira estão sendo investidos R$ 8 milhões em novas redes, adutoras e equipamentos que vão aumentar em 50% a produção de água na cidade. São mais de 6,4 quilômetros de novas tubulações no sistema distribuidor e uma nova adutora de quase 4 quilômetros de extensão. O projeto inclui também uma nova barragem no Rio Formigas e a adição de mais um módulo na estação de tratamento de água, e um novo reservatório com capacidade para armazenar 500 mil litros de água tratada.

Em Cândido de Abreu, a Sanepar projeta um a ampliação do sistema de abastecimento através de uma nova rede de captação no rio Ubazinho. Serão feitas reformas na estação de tratamento e nas demais estruturas do sistema. A Companhia avalia um investimento total de R$ 7,5 milhões na cidade.

“A Sanepar sempre busca a excelência dos serviços que oferece em todo o Paraná, levando saúde à população por meio do saneamento básico”, destaca o presidente da empresa, Cláudio Stabile. “Neste sentido, os investimentos asseguram o atendimento à população com os serviços de água e esgoto, acompanhando o crescimento das cidades e melhorando a eficiência dos seus processos”, ressalta o presidente. A Sanepar também afirma que está trabalhando em prol de novos projetos para os Campos Gerais.

Ponta Grossa teve a capacidade ampliada em cerca de 10 milhões de litros

Somente em obras, a Sanepar investiu em Ponta Grossa cerca de R$100 milhões nos últimos anos. O sistema de abastecimento de água foi ampliado e modernizado com reforços estruturais em adutoras e redes de abastecimento. Foram instalados equipamentos com maior grau de automação e quase 60 quilômetros de novas redes e adutoras, além da realização de melhorias na estação de tratamento de água e na barragem do rio Pitangui.

Também foram construídos dois novos reservatórios de água tratada, que aumentaram em 10 milhões de litros a capacidade de reservação do sistema. Todos os setores de distribuição de água da cidade foram ampliados com tubulações de maior porte e equipamentos que melhoram a pressão e a vazão das redes. No sistema de esgoto, foram construídas novas estações, expandido o atendimento com novas redes coletoras e emissários.

Futuros projetos

A Sanepar já projeta novas iniciativas na cidade de Ponta Grossa. Em breve, serão realizadas as obras para expansão do atendimento com rede coletora de esgoto no Parque do Café e Vila Romana, além de ampliações na Estação de Tratamento de Esgoto Congonhas, que contabilizam mais R$ 17,5 milhões em investimentos na cidade.

Fonte: A Rede.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: MESTRANDA DA UNICAMP VENCE PRÊMIO DA ONU SOBRE CUIDADOS COM O CLIMA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: ENTENDA COMO A LUZ ULTRAVIOLETA PODE SER USADA CONTRA O CORONAVÍRUS