Notícias

Novo dispositivo para purificação de água em regiões remotas

Publicado em 13/04/2017 às 10:23:54

Sistema de purificação de água remove os poluentes com peróxido de hidrogênio

 

purificacao-de-agua-0417

 

Pesquisadores fizeram um protótipo de um sistema de purificação de água on-site que, de modo rápido e seguro, remove os poluentes com peróxido de hidrogênio.

O dispositivo, criado por cientistas do SLAC National Accelerator Laboratory, do Departamento de Energia dos EUA, na Universidade de Stanford, precisa de 1,7 volts para operar. Isso significa que pode ser alimentado por fontes de energia renovável tais como painéis solares convencionais, disse Chris Han cientista do SLAC.

“A ideia é desenvolver uma célula eletroquímica que gera peróxido de hidrogênio a partir do oxigênio e da água no local, e então usar esse peróxido de hidrogênio na água subterrânea para oxidar os contaminantes que são prejudiciais para os humanos ingerir”, disse Han.

O projeto foi uma colaboração entre três grupos de pesquisa no SUNCAT Center for Interface Science and Catalysis, que é conduzido em conjunto pelo SLAC e pela Universidade de Stanford.

Caixa mágica

“Nosso dispositivo tem três compartimentos: na primeira câmara o oxigênio gasoso flui pela câmara, interage com o catalisador… e é reduzido para peróxido de hidrogênio”, disse Zhihua (Bill) Chen, estudante de pós-graduação no SUNCAT.

“O peróxido de hidrogênio então entra na câmara do meio, aonde é armazenado em solução. Na terceira câmara, outro catalisador converte água em oxigênio gasoso, e o ciclo se repete”.

O plano é habilitar o sistema para produzir uma maior concentração de peróxido de hidrogênio e assim purificar mais água, disse Chen.

Os desenvolvedores também planejam mudar o ambiente no sistema de alcalino para neutro, assim a água não precisa ser neutralizada antes de ser bebida.

“No momento é só um protótipo, mas eu pessoalmente acho que vai brilhar na área de purificação de água descentralizada para o mundo em desenvolvimento”, disse Chen.

“É como uma caixa mágica. Espero que se torne realidade”.

Fonte: Australian Water Association, adaptado por Portal Tratamento de Água – www.tratamentodeagua.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *