NOTÍCIAS

IMA concede licença para instalação de sistema de água em Chapecó/SC

logo-IMA

“O sistema contempla adutora de água bruta na extensão de 5 quilômetros até a Estação de Tratamento de Água (ETA)”

 

agua

Imagem Ilustrativa

 

O Instituto do Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina concedeu Licença Ambiental de Instalação (LAI) que permite a continuidade da implantação do Sistema de Abastecimento de Água (SIA) Chapecozinho, no Oeste do Estado. Com um investimento de aproximadamente R$ 193 Milhões, a SIA Chapecozinho terá vazão de 1.250 litros por segundo e extensão de 55 quiômetros até o reservatório de Chapecó, além de Estação de Recalque de Água Bruta (ERAB) na margem esquerda do rio Chapecozinho, próximo à ponte sobre a rodovia SC-480, em Bom Jesus.

O sistema contempla adutora de água bruta na extensão de 5 quilômetros até a Estação de Tratamento de Água (ETA), nas margens da Rodovia SC-480, em Xanxerê, reservatórios de água tratada a ser construído em Xanxerê e Xaxim, com derivação para Cordilheira Alta e uso do reservatório existente em Chapecó.


LEIA TAMBÉM: ESTADOS DO SUL DESPERDIÇAM MIL PISCINAS OLÍMPICAS DE ÁGUA POTÁVEL POR DIA


Rede adutora

Também inclui rede adutora percorrendo as margens da SC-480 até o município de Xanxerê, seguindo pela rodovia BR-282 até alcançar os demais municípios integrantes da rede beneficiária.

O processo, de competência da Coordenadoria Regional do Meio Ambiente de Chapecó, contou com o apoio técnico da Coordenadoria Regional do Meio Ambiente de Criciúma. A obra beneficiará uma população de aproximadamente 300 mil pessoas e representa um importante avanço para amenizar a situação de estiagem da região, através de captação, adução, tratamento, reservação e distribuição de água para abastecimento público, referente às áreas urbanas dos municípios de Xanxerê, Xaxim, Cordilheira Alta e Chapecó.

Fonte: Jornal da Fronteira.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: TRANSFERÊNCIA DE ÁGUA DO CASTANHÃO PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA/CE É SUSPENSA ATÉ 2022

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: SABESP DÁ PONTAPÉ INICIAL EM PROJETO DE INTEGRAÇÃO DE DADOS PARA MELHORAR GESTÃO DE ÁGUA