NOTÍCIAS

Cedae e UERJ fecham parceria pela sustentabilidade

Objetivo é o reaproveitamento do esgoto descartado na natureza

cedae-uerj-sustentabilidade

Foto: Alfamec/Reprodução

A Cedae e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) assinaram, neste mês, um convênio de cooperação para iniciar pesquisas relacionadas ao projeto “Cedae Reusa: Desafios e Oportunidades”, que visa o reaproveitamento dos efluentes residuários das estações de tratamento de água e esgotos (ETAs e ETEs).

Efluentes são os resíduos provenientes das indústrias, dos esgotos e das redes pluviais, que são lançados no meio ambiente, na forma de líquidos ou de gases. É qualquer líquido ou gás gerado nas diversas atividades humanas e que são descartados na natureza.


LEIA TAMBÉM: LODO DE ESGOTO É ÓTIMO ADUBO PARA REFLORESTAMENTO.


Técnicos da Companhia vão desenvolver – junto a professores e alunos dos cursos de Engenharia Ambiental e Civil da UERJ – um estudo para verificar a possibilidade de utilização do lodo das ETAs do Guandu, Laranjal, Cordeiro, Porto das Caixas, Rio Dourado e Moneratt como matéria prima para a produção de artefatos de cimento. O estudo também será estendido às águas residuais das ETEs Alegria, Penha, Pavuna e Sarapuí para uso industrial e na construção civil.

O convênio, que tem duração prevista de dois anos, não terá custo para a Companhia e faz parte do Programa Cedae Ambiente (PCA), que prevê a execução de projetos visando a responsabilidade socioambiental e a sustentabilidade nas atividades desenvolvidas pela Companhia.

Para celebrar a assinatura do convênio, foi realizado o primeiro ‘Seminário: Reuso de Subprodutos de ETEs e ETAs no estado do Rio de Janeiro’. O evento, que aconteceu na UERJ, contou com a presença de professores e alunos da instituição, além de funcionários das áreas operacionais e de gestão ambiental da Cedae.

Fonte: Tupi FM.