NOTÍCIAS

Samae inaugura maior reservatório de Brusque

Com capacidade de 6,5 milhões de litros de água, o novo tanque passa a ser o maior reservatório de água do município.

O Samae de Brusque (SC) realizou na manhã de sábado (17) o ato de entrega do reservatório com capacidade de armazenamento de 6,5 milhões de litros de água. O chamado R5 foi montado por uma empresa americana no Parque Leopoldo Moritz. De acordo com a autarquia, o tanque com sete metros de altura e 35 metros de diâmetro passa a ser o maior reservatório de água que atende a população. Um semelhante foi instalado em 2013 no bairro Nova Brasília, com capacidade de 2 milhões de litros.

A meta do Samae é de que o R5 atenda cerca de 70% da população, com média de 90 mil pessoas beneficiadas diretamente, que pertencem aos bairros abastecidos pela Estação de Tratamento Central – ETA.

Desde o processo de licitação, foram cinco de meses de produção do reservatório, feito de aço vitrificado e que levou pouco menos de um mês para montagem. O custo de todo processo aos cofres do Samae foi cerca de R$ 3,5 milhões – incluindo obras de infraestrutura e equipamentos hidráulicos.

De acordo com a diretora-presidente do Samae, Fabiana Dalcastagné, o próximo passo será captação de água para encher o R5. Para isso, houve recentemente uma captação antecipada no período noturno na ETA Central. “Agora a intenção é trabalhar 24 horas para ter os dois reservatórios cheios, para ter essa reserva para um imprevisto”, comentou Fabiana.

Conforme a diretora-presidente, o planejamento forçou o Samae a fazer uma série de melhorias, com custo de R$ 250 mil, na estação de captação do bairro Guarani, para aumentar o volume de água na ETA Central. Com o novo sistema, que inclui um novo equipamento de filtragem (adquirido em parceria com a comunidade), o volume de água tratado passará de 275 para 325 litros por segundo.

No entanto, Fabiana ressaltou que as futuras gestões precisam pensar em construir uma nova estação de tratamento. “Só reservando não é mais possível, é preciso aumentar a produção e como a gente sabe os empreendimentos estão se movendo para os entornos da cidade”, frisou.

“Novo Diretor” – O engenheiro Juliano Montibeler, que já faz parte do quadro de funcionários efetivos do Samae, confirmou no ato de inauguração que assumirá a autarquia a partir de janeiro, por meio do convite feito pelo prefeito eleito Jonas Paegle.

Juliano ressaltou a importância do novo reservatório e destacou os desafios em torno da captação. “Vamos ter que partir com uma grande frente para produção de água, desde 2008 não tivemos investimentos nesse setor e o problema é mais difícil de resolver – os bairros Dom Joaquim, Cristalina, Rio Branco, Águas Claras, Santa Luzia, Zantão; nós vamos ter que pensar em uma nova estação”, destacou Montibeler.

Fonte: Diplmata FM / Assemae.org.br