NOTÍCIAS

Equipes correm contra o tempo para solucionar desafios do Hackathon das Águas

noticia-199-hackthon-das-aguas

O Hackathon das Águas reuniu 73 participantes. Uma equipe de mentores especialistas de áreas como engenharia, meio ambiente, negócios, design e desenvolvimento dão orientação e suporte ao trabalho das equipes / Divulgação/Assessoria

A virada de sexta-feira para sábado foi de expectativa e trabalho intenso para as equipes que participam do Hackathon das Águas – primeira maratona de programação e desenvolvimento com foco em saneamento básico do Brasil. O evento é realizado no Living Lab MS, onde foi montado um ambiente em que 17 equipes trabalham para resolver dois desafios reais dos serviços de água e esgoto de Campo Grande: detecção de vazamentos visíveis e não visíveis e comunicação com os clientes. Os melhores projetos serão premiados com R$ 10 mil reais para o primeiro lugar em cada desafio e R$ 3 mil para os segundo colocados. Neste domingo (04), às 13h30, serão realizadas as apresentações dos trabalhos. A divulgação dos resultados está marcada para 14h45.

A corrida para apresentar o melhor projeto deixou muita gente acordada durante a madrugada. Uma delas foi Maria Camila Barbosa Farias, estudante de engenharia mecatrônica, que faz parte de uma das equipes que buscam a solução para detectar os vazamentos de água. “Estou adorando estar aqui por que é uma chance de praticar o que eu amo e quero passar o resto da minha vida fazendo, que é a parte de desenvolvimento”, conta. “Estou muito animada, com muita esperança que vai dar certo nosso projeto. Não dormi nada, mas estou muito empolgada”.

O Hackathon das Águas reuniu 73 participantes. Uma equipe de mentores especialistas de áreas como engenharia, meio ambiente, negócios, design e desenvolvimento dão orientação e suporte ao trabalho das equipes. Para o analista de sistemas Anderson de Castro, que pensa em uma solução para o desafio de comunicação com o cliente, a expectativa é grande. “Dentro dessas trinta e seis horas a gente está esperando bastante a trigésima sexta que é a hora de ganhar o prêmio”, brinca. “Também bastante intensidade no desenvolvimento. Nos breves momentos de intervalo conversar com o pessoal, usar bastante da mentoria e fazer amizades”.

O engenheiro ambiental Fernando Garayo Jr é um dos mentores da Águas Guariroba que estão dando suporte às equipes. “Nosso objetivo em comum é a inovação. Queremos incentivar as novas ideias e para melhorar os serviços de saneamento básico e também incentivar os profissionais e negócios na área de tecnologia”, destaca. Em um ambiente onde todos trabalham em conjunto, é possível acompanhar as diversas fases de desenvolvimento dos projetos. Saber aproveitar o tempo é decisivo no hackathon. “Este sábado é um momento em que eles passam a entender os desafios com mais profundidade e ver onde as soluções se encaixam. Algumas ideias que já estavam pré-estabelecidas caem por água abaixo. Eles têm que começar tudo do zero e é isso mesmo”, explica a mentora Leandra Oliveira da Costa, coordenadora do Living Lab MS.

Parceria para a inovação

Durante a abertura da maratona, na noite de sexta-feira (02), o diretor de Operações do Sebrae – MS, Tito Estanqueiro, deu as boas vindas aos participantes e desejou sucesso às equipes. “O objetivo final deste evento é a grande jornada de conhecimento de cada um de vocês durante esses dias. É uma pena que no meu tempo não tinha essas oportunidades. Então o que eu digo para vocês é: aproveitem! ”.

De acordo com o presidente da Águas Guariroba, Guillermo Deluca, a aplicação das ideias criadas no hackathon não se limita a Campo Grande. Hoje a holding da qual a empresa faz parte, a Aegea Saneamento, atua em 44 municípios em nove estados do país, além da Capital. “Qualquer inovação ou tecnologia que se desenvolva e seja realmente eficiente pode ser replicada em qualquer uma dessas cidades. É uma bela possibilidade para desenvolver e fomentar novas empresas”.

O Hackathon das Águas é uma realização da concessionária dos serviços de água e esgoto de Campo Grande, a Águas Guariroba, e do Living Lab MS, espaço que dá suporte a criação de empresas e start ups. O evento tem o apoio das empresas Tag3 Desenvolvimento Digital, Café Três Corações, Pão de Queijo Express, Restaurante Manjericão, Suco Prats e conveniência Cerv Já.

Fonte: acritica.net