BIBLIOTECA

Qualidade da água de poços freáticos do distrito de Assari em barra do Bugres/MT

Resumo: A qualidade da água é fator relevante a ser considerado em seus múltiplos usos, mas especialmente quando destinada ao abastecimento humano, independente da fonte. Fontes subterrâneas geralmente apresentam melhor qualidade do que fontes superficiais o que não elimina a necessidade de monitoramento constante. Neste sentido, no presente trabalho objetivou-se a avaliação preliminar da qualidade da água de poços freáticos utilizados pela população do distrito de Assari, município de Barra do Bugres na Região oeste de Mato Grosso na transição Cerrado/Amazônia. Realizaram-se visitas aos moradores para identificação e mapeamento dos poços ativos em uso pela população, bem como para solicitação de autorização de coleta e análise de amostras de água. Foram cadastrados 6 pontos de coleta de onde realizou-se 4 amostragens semanais no período de 06/03/2013 a 04/04/2013. Mensurou-se as variáveis Alcalinidade, Dureza, Demanda Química de Oxigênio, Turbidez, pH e Temperatura. Testes microbiológicos foram realizados para detecção de presença/ausência de coliformes totais e fecais utilizando o método do Substrato cromogênico e fluorogênico–Colilert. Os resultados revelaram, de modo geral, que água dos poços apresentam conformidade para 4 das 6 variáveis físicas e químicas avaliadas, por outro lado as análises microbiológicas revelaram a presença de coliformes totais (100%) e fecais (83%) nas amostras. Neste cenário observa-se que a água não é recomendada para consumo in-natura, devendo passar por processo de tratamento convencional ou então deve ser destinada a usos não potáveis.

Autores: Tadeu Miranda Queiroz; Lizandra Carla Pereira de Oliveira; Dejaine Parizotto; Carlos Eduardo Soldá e Ana Elisa Victor Silva.

Leia o estudo completo: Qualidade da água de poços freáticos do distrito de Assari em barra do Bugres/MT