BIBLIOTECA

Isolamento de bactérias halotolerantes com atividade hidrocarbonoclástica a partir de água produzida de petróleo

Resumo: O presente trabalho teve como objetivo isolar e caracterizar bactérias halotolerantes com potencial na degradação de hidrocarbonetos. Os isolados bacterianos foram obtidos a partir de amostras de água produzida de petróleo, e posteriormente foi determinada a sua tolerância a diferentes concentrações de salinidade, na faixa de 0 a 15% de NaCl. Seguidamente, os isolados que apresentaram maior halotolerância foram caracterizados a nível molecular, e avaliados em função de seu potencial na degradação de hidrocarbonetos. Para isso, foram estabelecidos cultivos em meio mínimo suplementado com óleo diesel, sob condições de baixa e alta salinidade. Foram obtidos dois isolados bacterianos tolerantes a uma concentração de 10% de NaCl (HC1 e HC5). A análise comparativa de sequencias parciais do gene que codifica para o 16S rRNA, demostrou que os isolados apresentaram alta similaridade com os gêneros Micrococcus sp. e Staphylococcus sp., mostrando relação com micro-organismos degradadores de hidrocarbonetos. A atividade hidrocarbonoclástica em condições salinas, foi corroborada ao observar uma remoção de óleo diesel de 79% e 81% para HC1 e HC5, respectivamente, após 96 h de incubação a 30ºC. Conclui-se que estes isolados podem ser efetivos na biodegradação de hidrocarbonetos, e apresentam potencial para o desenvolvimento de estudos de processos de bioaumentação em sistemas de tratamento biológico de água produzida de petróleo.

Autores: Wilmar Alirio Botello Suárez; Miguel Angel Molano Hernández; Elkin Fernando Rodas Mendoza e Elwy Guillermo Machado Sierra.

Leia o estudo completo: Isolamento de bactérias halotolerantes com atividade hidrocarbonoclástica a partir de água produzida de petróleo