NOTÍCIAS

Água: bem precioso e fonte de vida

Água: bem precioso – H2O.

Dois átomos de hidrogênio, cada qual individualmente ligado a um átomo de oxigênio. Peso atômico 18, tamanho 27,5 Angströms – algo como 0,000000257 cm. Não, esta não é uma aula de química ou física, mas o começo de uma reflexão sobre o bem mais precioso da humanidade: a água

Água: bem precioso

Imagem ilustrativa do Canva

Poderia ser sinônimo de vida, pois a existência na Terra, na forma que conhecemos, não é possível sem esse líquido. Isso porque o planeta é composto de um pouco mais de 70% de água, sendo que 98% está nos oceanos, na forma salgada, e, portanto, não disponível de forma imediata para consumo. Os 2% restantes se dividem entre gelo polar, geleiras, subsolo, aquíferos, lagos e rios, sendo que só 0,44% está disponível para os seres vivos. Mas, assim como nossa casa – a Terra –, os seres vivos também possuem um elevado percentual de água em sua composição. Um indivíduo adulto tem entre 55% e 60% desse líquido no corpo.

A água também é uma importante fonte de saúde: seja para a hidratação ou para outras necessidades. Exemplo disso é que um adulto consome cerca de 110 litros no seu dia a dia, sendo que no Brasil estes valores podem chegar até 200 litros. Olhando esses números, já deu para entender o quanto a água é importante, não é mesmo? Imagine em um polo industrial, que gera emprego, renda e distribui insumos para os principais produtos consumidos. Qual volume de água é necessário para operar essa grande estrutura?


 

LEIA TAMBÉM: CETREL PARTICIPARÁ DE CONGRESSO INTERNACIONAL ALADYR BRASIL 2022


 

No ano de 2021, por exemplo, a unidade Distribuidora de Água (DAC) da Cetrel captou mais de 33 milhões de metros cúbicos (m³), de água subterrânea e de superfície, para atendimento de mais de 40 indústrias no Polo de Camaçari. Este volume equivale a cerca de 13 mil piscinas olímpicas.

Sem perder de vista o compromisso com o futuro, o uso da água é feito mediante licenças concedidas pelo órgão ambiental para a captação sustentável de volumes predefinidos. O reuso de águas também é uma pauta para as indústrias, que estudam, cada vez mais, iniciativas para o reaproveitamento de parte dos efluentes gerados nos processos, promovendo a economia circular.

Uma vez captada, a água é encaminhada para tratamento industrial, em processos de potabilização, clarificação e desmineralização, para posterior distribuição.

O fornecimento de água para um complexo industrial é importante para a continuidade dos processos produtivos. Por isso, é essencial que toda a cadeia opere com confiabilidade, de forma sustentável.

Com esse foco, em 2021, a DAC produziu e distribuiu mais de 21 milhões de m³ de água clarificada, quase 10 milhões de m³ de água desmineralizada e pouco mais de 1 milhão de m³ de água potável.

Em 2022, o fornecimento para o polo segue consistente, buscando formas cada vez mais sustentáveis de captação, tratamento e distribuição, com foco no compromisso com o futuro e com a perpetuidade deste bem tão precioso.

Para participar do congresso de dessalinização e reúso, o interessado deve se inscrever no endereço: https://aladyr.net/pt-br/eventos-pt/sao-paulo-brasil/.

Água bem preciosoAutora: Cristina Maretti Dias, gerente de Águas da Cetrel

Fonte: Cetrel


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: CLORITO DE SÓDIO: O QUE É E PRINCIPAIS APLICAÇÕES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: ECONOMIA CIRCULAR E PLANEJAMENTO HIDROLÓGICO