NOTÍCIAS

Rio Paraopeba em MG recebeu mais de 24 bilhões de litros de água limpa em fevereiro

As águas são tratadas por estações instaladas pela Vale na região

 

rio-paraopeba

Imagem Ilustrativa

 

O Rio Paraopeba já recebeu mais de 24 bilhões de litros de água limpa através das duas estações de tratamento instaladas pela mineradora Vale na região de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Em fevereiro, a Estação de Tratamento Iracema alcançou 20 bilhões de litros de água tratada enquanto a Estação de Tratamento Laginha devolveu ao rio 4,2 bilhões de litros de água tratada. De acordo com a empresa, a água é devolvida ao rio cinco vezes mais limpa, em média, que o limite legal de 100 NTUs estabelecido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).


LEIA TAMBÉM: MONITORAMENTO DAS ÁGUAS DO RIO PARAOPEBA EM MG SERÁ CUSTEADO PELA VALE POR 10 ANOS


Estação de Tratamento Iracema

A Estação de Tratamento Iracema filtra a água do ribeirão Ferro-Carvão que contém os sedimentos da barragem B1 e está em operação desde maio de 2019. Já a estação Laginha filtra a água relativa às atividades de dragagem no rio Paraopeba e entrou em atividade em outubro de 2019.

O rio foi afetado pelo rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão em janeiro de 2019, quando 11,7 milhões de metros cúbicos de lama contendo metais foram liberados no meio ambiente.

Fonte: Itatiaia.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: PROGRAMA ÁGUAS BRASILEIRAS SELECIONA 26 PROJETOS DE REVITALIZAÇÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: SAMAE DE BLUMENAU/SC BUSCA R$ 100 MILHÕES PARA DOBRAR CAPACIDADE DO TRATAMENTO DE ÁGUA