Notícias

Obras do Sistema Corumbá já estão 97% concluídas no DF

A estrutura terá capacidade para atender a 2,5 milhões de habitantes do Distrito Federal e de Goiás. Obra gerou mais de 300 empregos diretos

tubulacao-agua

 

Com a expectativa de beneficiar até 2,5 milhões de habitantes do Distrito Federal e de Goiás, as obras do Sistema Produtor de Água do Corumbá estão em fase de conclusão, por parte do Distrito Federal, com cerca de 97% construídas.

Para a finalização, é preciso realizar testes operacionais e ajustes nos equipamentos da Estação de Tratamento de Água e elevatória de água tratada. Esses serviços serão executados para a conclusão da captação e da estação elevatória de água bruta de Goiás.

O abastecimento ocorrerá em duas fases. Inicialmente, o projeto vai atender a 1,3 milhão de pessoas, com vazão de 2,8 mil litros de água por segundo. No futuro, essa capacidade pode chegar a 5,6 mil litros por segundo.

Cada unidade federativa ficará com metade da vazão produzida. Foram investidos R$ 311 milhões, por parte da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A obra possibilitou mais de 300 empregos diretos.

O presidente da Caesb, Daniel Rossiter, destaca que a estatal tem realizado grandes investimentos em obras a fim de melhorar o abastecimento de água na cidade e dar tranquilidade à população.

“Vamos ter um grande reservatório em Valparaíso, que abastecerá várias cidades. Estão faltando apenas algumas ligações de energia elétrica da elevatória do lado de Goiás”, destacou o presidente.”Temos a expectativa de, no início do ano que vem, inaugurar mais essa reservação de água”, complementou.


LEIA TAMBÉM: GOVERNO ENCAMINHA AÇÕES EMERGENCIAIS PARA SOLUCIONAR PROBLEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM RIO BRANCO/AC


Conheça o Sistema Corumbá

O Sistema Produtor de Água do Corumbá é um conjunto de obras para captação de água no reservatório de Corumbá IV, com estruturas de tratamento que tornam a água potável para distribuição no DF e em Goiás.

O ponto de captação no Reservatório de Corumbá fica no município de Luziânia (GO), sendo a área coberta pelo lago de 173 quilômetros quadrados (km²).

A partir dessa etapa, a água passa por uma adutora de água bruta, cuja responsabilidade da construção é conjunta das duas companhias. A água será levada até a Estação de Tratamento de Água, em Valparaíso, inteiramente construída pela Caesb. A partir daí, ela é encaminhada para as duas unidades da Federação.

No Distrito Federal, a água será encaminhada pela Elevatória de Água Tratada para Santa Maria, onde será distribuída para a parte sul da capital. Essas obras, executadas pela Caesb, incluem a complementação de uma adutora, que liga Santa Maria ao Gama e reservatórios, para distribuição na região do Recanto das Emas.

As regiões administrativas do DF que serão atendidas diretamente por Corumbá são: Gama, Park Way, Recanto das Emas, Riacho Fundo 2 e Santa Maria. Com as obras de interligação, serão contempladas também cidades como Águas Claras, Arniqueira, Núcleo Bandeirante, Taguatinga e Ceilândia.

Fonte: Metrópoles.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: R$ 1 MILHÃO ESTÁ DISPONÍVEL PARA APOIAR PROJETOS DE P,D&I EM BIOTECNOLOGIA AMBIENTAL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: PROJETO TORNA OBRIGATÓRIO REÚSO DE ÁGUA PARA FINS NÃO POTÁVEIS EM NOVAS EDIFICAÇÕES


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *