NOTÍCIAS

Prevista para começar em janeiro, duplicação de estação de esgoto sofre atraso em Jacareí/SP

No ano passado, administração informou que previsão era de que a obra tivesse início ainda no primeiro mês deste ano, mas obra não começou e 30% do município não tem esgoto tratado; recursos seriam próprios, mas, agora, verba virá do governo federal

estacao-esgoto

Prevista inicialmente para ter início em janeiro deste ano, a obra para a duplicação da estação de tratamento de esgoto central de Jacareí ainda não começou a sair do papel. Atualmente, cerca de 30% do município não tem esgoto tratado.

Anteriormente, o governo Izaias Santana (PSDB) havia informado que a obra seria feita, inicialmente, com recursos do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), na ordem de R$ 25 milhões.

Agora, a informação oficial é de que a intervenção será executada com verbas do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), programa federal voltado à execução de grandes obras de infraestrutura, com recursos no valor de R$23.265.496,55.

De acordo com o SAAE, a obra ainda encontra-se em processo licitatório, e, um dos motivos que teriam alterado a mudança no cronograma é a espera pelo licenciamento da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), solicitado pelo município desde de 2017. O prazo de execução é de 18 meses.

Projeto

A duplicação da estação é uma medida que deve ser realizada para atender ao Plano de Saneamento Integrado nas Bacias de Esgotamento de Jacareí. Com a obra, todo o esgoto da região oeste, onde cerca de 40 bairros realizam lançamentos irregulares em córregos da cidade, deve passar a ser tratado. A mudança deve permitir que a cidade se aproxime da totalidade de tratamento do esgoto.

Hoje, a maior parte do esgoto tratado no município abrange à bairros que ficam na região leste.

Fonte: O vale