NOTÍCIAS

Ministério da Economia autoriza concursos para Ministério do Meio Ambiente

Depois de quase uma década, Ibama e ICMBio receberão um total de 739 vagas

prova

Imagem ilustrativa

Ministério da Economia publicou no dia 06/09 a autorização para a abertura de concurso público para preenchimento de 739 vagas para cargos efetivos distribuídas entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), ambos vinculados ao Ministério do Meio Ambiente. Com a medida, o Governo Federal visa reforçar as ações voltadas à fiscalização ambiental, em especial nas áreas que compreendem a Amazônia Legal.

“A contratação desses 739 novos servidores vai ao encontro da determinação do presidente Bolsonaro de fortalecimento dos órgãos de fiscalização ambiental. Com esta ação, reiteramos o compromisso do Governo Federal em trabalhar de maneira integrada para eliminar o desmatamento ilegal, com a plena e pronta aplicação do nosso Código Florestal”, pontua o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite.


LEIA TAMBÉM: IBAMA BARRA NOVA USINA NA AMAZÔNIA


O impacto anual dessas contratações para o Governo Federal será de cerca de R$ 72 milhões. Os novos servidores irão atuar em ações relativas ao licenciamento ambiental, ao controle de qualidade ambiental, à autorização de uso dos recursos naturais e, principalmente, à fiscalização, monitoramento e controle ambiental, especialmente na Amazônia Legal.

“O governo do presidente Jair Bolsonaro tem atuado de maneira muito firme para controlar os gastos com pessoal, para que possamos aplicar os recursos necessários em áreas importantes e investir no crescimento e no desenvolvimento do país. Mesmo assim, não estamos descuidando de ações importantes como é o caso da fiscalização ambiental”, destaca o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Mario Paes de Andrade.

“Com a autorização para essas vagas no Ibama e ICMBio, vamos ampliar a força de trabalho que atua nesses dois órgãos em benefício da Amazônia brasileira”, completa.

Fonte: Gov.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: FUNASA MONITORA QUALIDADE DA ÁGUA EM PORTO VELHO/RO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS PODE BENEFICIAR 250 MUNICÍPIOS