NOTÍCIAS

EPA lança ferramentas para lidar com a poluição de nutrientes

Em um anúncio recente, a EPA compartilhou seu novo documento de critérios de nutrientes, documento de suporte técnico e ArcGIS CyanoHAB StoryMap

CianoHABS

Imagem ilustrativa

Hoje, a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) lançou três novos recursos para ajudar os parceiros da agência a lidar com os efeitos adversos da poluição por nutrientes, incluindo a proliferação de algas nocivas em água doce (HAB – sigla para harmful algal blooms).

Os três recursos incluem os Critérios Finais de Nutrientes Recomendados para Lagos e Reservatórios da agência, uma ferramenta baseada na web com informações e rastreamento de HABs e um Documento de Suporte Técnico para auxiliar na implementação de certos critérios de HABs.

Critérios de nutrientes para lagos e reservatórios

A EPA publicou  os critérios revisados ​​de qualidade da água, recomendados  sob a Lei da Água Limpa, para ajudar a lidar com a poluição por nutrientes em lagos e reservatórios.

Como a primeira atualização dos critérios de nutrientes da EPA em 20 anos, essas recomendações representam um avanço significativo na compreensão científica dos impactos do nitrogênio e do fósforo em nossas águas.

As novas recomendações são baseadas em relações estatísticas de estresse-resposta, desenvolvidas a partir de dados coletados em aproximadamente 1.800 lagos em todo o país e incorporados a modelos nacionais.

Os modelos nacionais são projetados para que estados, territórios e tribos autorizadas possam incorporar dados locais aos modelos para levar em conta as condições locais exclusivas.

A agência também poderá ajudar os parceiros a usarem novos modelos por meio do programa Nutrient Scientific Technical Exchange & Support (N-STEPS).

Estados, territórios e tribos autorizadas podem considerar a adoção dos critérios recomendados em seus padrões de qualidade da água, mas não são obrigados a revisar os critérios existentes aprovados pela EPA ou as metas de carga diária máxima total (TMDL).


LEIA TAMBÉM: PROCESSO DE OXIGENAÇÃO DA ÁGUA: O PAPEL DA DEMANDA BIOQUÍMICA DE OXIGÊNIO NA DESPOLUIÇÃO


Tracking CyanoHABs StoryMap

A EPA também publicou  um novo ArcGIS StoryMap  que permitirá ao público aprender e rastrear HABs cianobacterianos (cyanoHABs / ciano bactérias) relatados em águas doces em todo o país.

Há um consenso científico de que a incidência de ciano bactéris aumentou nos sistemas de água doce do país nos últimos anos, em parte devido às mudanças climáticas.

O mapa da história Tracking CyanoHABs da EPA cria um único recurso online para informações sobre eventos de ciano bactérias nos EUA.

Ele consolida informações de recomendações e conclusões de água doce de agências ambientais e de saúde estaduais em mapas interativos e fáceis de usar.

Além disso, o mapa da história inclui links para informações sobre as causas e efeitos dos HABs de água doce; várias ferramentas de EPA sobre preparação e resposta de HABs; e recursos do HAB estaduais e locais, como os laboratórios que realizam análises de cianotoxinas em amostras de água.

Suporte para critérios de HABs recreativos da EPA

Para ajudar os estados, territórios e tribos autorizadas a proteger os nadadores de duas toxinas cianobacterianas (cianotoxinas) produzidas por ciano bactérias, a EPA também publicou seu  Documento de Suporte Técnico Final: Implementando os Critérios de Qualidade de Água Recreativa Recomendados de 2019 ou Orientações de Natação para Microcistinas e Cilindrospermopsinas .

Este documento explica como estados, territórios e tribos autorizadas podem adotar os critérios recomendados pela EPA de 2019 para as duas cianotoxinas em seus padrões de qualidade da água ou usar os critérios em programas de aconselhamento de natação.

O documento também aborda a implementação das recomendações dos critérios de 2019 por meio de outros programas da Lei da Água Limpa, incluindo a identificação e listagem de águas prejudicadas e o desenvolvimento de TMDL (sigla para Total Maximum Daily Limit – Limite Máximo Diário Total).

Referência: WaterWorld

Adaptado por Portal Tratamento de Água

Traduzido por Jaqueline Morinelli


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: TRATAMENTO DO RIO PARAOPEBA ALCANÇA ‘TRÊS LAGOAS DA PAMPULHA’ EM BRUMADINHO/MG

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: CAESB/DF FAZ DESASSOREAMENTO NA BARRAGEM DO TORTO