Notícias

Processo de oxigenação da água: o papel da Demanda Bioquímica de Oxigênio na despoluição

Considerando os tempos atuais, a poluição dos rios é um dos maiores problemas que o brasileiro enfrenta, uma vez que o país apresenta cerca de 83.450 quilômetros de rios poluídos

 

rio-tiete

 

Considerando os tempos atuais, a poluição dos rios é um dos maiores problemas que o brasileiro enfrenta, uma vez que o país apresenta cerca de 83.450 quilômetros de rios poluídos.

De acordo com dados da ANA (Agência Nacional de Águas), 45% da população brasileira não dispõe de solução de esgoto, e 70% das cidades não possuem uma estação de tratamento, e até mesmo onde existe tratamento, apenas 39% de toda a carga que polui é removida.

A principal questão é que, tudo isso pode implicar até mesmo no crescimento econômico do país. Segundo o engenheiro Wilson Luiz Oliveira da Etesco Construções, a água limpa é um fator crucial para a economia.

“Quando existe uma deterioração na água, ela acaba atrasando o crescimento econômico de todo o país, pois são maiores as chances de problemas de saúde da população, além de haver uma redução da produção de alimentos, o que pode contribuir com mais pessoas em situação de necessidade. ” declara.

Um dos principais fatores que contribuem para a má qualidade da água é o nitrogênio, um elemento que é essencial na produção agrícola, mas que ao penetrar nos rios ou oceanos, cria zonas mortas e hipóxia, ajudando a poluir com mais facilidade.

“O correto, em casos como este, é criar ações para combater os danos, tanto para nós humanos, quanto para o meio ambiente. ” comenta o engenheiro.

A solução através da DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio)

A Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO) é a quantidade de oxigênio necessária para oxidar a matéria orgânica, por meio da decomposição aeróbia, feita por microrganismos do meio aquático.

Esse indicador é tido como um parâmetro, muito utilizado para medir o nível de poluição das águas, uma vez que esses microrganismos (como as bactérias aeróbias) são as responsáveis pela decomposição de toda a matéria orgânica aquática, devido aos processos oxidativos.
Então, os compostos são transformados a partir da ligação com o gás oxigênio, que realiza a catalisação de reações de oxidação dos microrganismos.


LEIA TAMBÉM: EPIDEMIOLOGIA BASEADA EM EFLUENTES DETECTA VÍRUS COVID-19.


“Desta forma, é considerada como água poluída aquela que apresenta a DBO muito alta, uma vez que essa quantidade de oxigênio é utilizada na decomposição de compostos orgânicos ” explica Wilson.

Geralmente, quando existe uma grande demanda de oxigênio, pode-se observar a mortalidade de peixes e outros organismos aquáticos, verificando o desequilíbrio nesses ambientes. E quando a DBO se apresenta mais baixa, é um sinal de que a água está limpa, e não haverá degradação dos ambientes.

A importância da análise feita pela DBO

A análise da Demanda Bioquímica de Oxigênio é muito importante para o tratamento de efluentes, principalmente das indústrias, uma vez que elas são as principais responsáveis pela poluição da água, por conta da má administração correta de resíduos que gera em seus processos.

“A análise deve ser feita pensando sempre em garantir que esses resíduos não sejam prejudiciais para o meio onde serão destinados, pois quando são lançados nas águas sem tratamento, podem comprometer a fauna da região e desequilibrar o ecossistema, prejudicando toda uma população”, conclui.

Fonte: Clima Tempo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *