BIBLIOTECA

Informações sobre patentes na área de valorização de resíduos industriais: o caso do lodo de tratamento de esgoto doméstico

A disposição do lodo de esgoto é um problema em muitas comunidades brasileiras. Seu tratamento e reciclagem é um exemplo de inovação sustentável, em prol da obtenção de novos materiais. Segundo Barbieri et al. (2010), o processo de produção deste conhecimento constitui tema central em estudos sobre gestão da inovação tecnológica, entretanto são incipientes os estudos que tratam da comercialização desses conhecimentos, sobre patenteamento e licenciamento das tecnologias produzidas sob a ótica administrativa. Diante deste cenário, neste estudo teve como objetivo levantar a tecnologia utilizada para a reciclagem do lodo, visando a obtenção de produtos cerâmicos. Neste sentido, foi elaborado um estudo empírico, exploratório, com abordagem qualitativa, baseado em um levantamento bibliográfico e na avaliação das informações sobre os pedidos e resultados de patentes existentes em bancos de dados internacionais. Os resultados indicam que há uma concentração de pedidos de patentes, relacionados à reciclagem do lodo de esgoto em materiais cerâmicos, nos Estados Unidos, República da Coréia e Japão. Em relação à tecnologia empregada, observou-se que a biotecnologia é amplamente utilizada no tratamento do lodo de esgoto. Considera-se que a avaliação destes resultados se configura como um instrumento competitivo e como uma variável estratégica para empresas interessadas nesta tecnologia.

Palavras-chave: Inovação Sustentável, Reciclagem, Lodo de Esgoto.

Leia o artigo completo: Informações sobre patentes na área de valorização de resíduos industriais o caso do lodo de tratamento de esgoto doméstico