BIBLIOTECA

Formação de membranas planas celulósicas por espalhamento duplo para os processos de nanofiltração e osmose inversa

Resumo: No presente trabalho é estudado o preparo de membranas anisotrópicas compostas, em uma única etapa, para os processos de NF e OI, através do espalhamento simultâneo de duas soluções poliméricas [acetato de celulose – AC/formamida/acetona (26,3/23,7/50 % p/p) e AC/poli(vinil pirrolidona) – PVP/N,Ndimetilformamida – DMF (15/10/75 % p/p)]. A precipitação das soluções, em água destilada, foi acompanhada por medidas de transmitância de luz. Estudou-se a influência das condições de preparo das membranas, na sua morfologia e nas suas propriedades de transporte (fluxo de permeado e retenção de solutos – Polietilenoglicol (PEG) para a NF e NaCl para a OI). Realizou-se também um tratamento térmico nas diferentes membranas produzidas. Os resultados mostraram que é possível obter membranas celulósicas com total aderência das diferentes camadas, a qual pode ser atribuída às condições de transferência de massa que retardam a precipitação na região próxima à interface das soluções espalhadas simultaneamente. Com relação aos testes de OI e NF, as membranas desenvolvidas apresentaram valores de fluxo permeado (7 – 465 L/h.m2) dentro da faixa das membranas comerciais, retenção salina (NaCl) entre 24-63 % e retenção do PEG entre 53-82 %, mostrando o potencial de aplicação destas membranas.

Autores: Roberto B. de Carvalho, Cristiano P. Borges, Ronaldo Nobrega

Leia o estudo completo: Formação de membranas planas celulósicas por espalhamento duplo para os processos de nanofiltração e osmose inversa