Notícias

Obras vão ampliar tratamento de esgoto em Esteio/RS

Publicado em 14/05/2021 às 08:30:48

Serão realizadas obras para a ligação de quase 500 imóveis em Esteio, atendendo em torno de 2,6 mil pessoas na primeira fase dos trabalhos

 

ete

Imagem Ilustrativa

 

A rede de esgoto de Esteio está passando por ampliação. Os investimentos fazem parte de um aprimoramento da Metrosul no município desde que assumiu a operação do sistema, visando a universalização da coleta e tratamento do esgoto na região.

A nova rede implantada vai direcionar o esgoto doméstico coletado no bairro São Sebastião para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Esteio/Sapucaia do Sul que, com a desativação da ETE Moradas, será responsável pelo tratamento de todo o efluente gerado no município. Com capacidade para atender até 220 mil moradores, a ETE Esteio trata 250 litros de esgoto por segundo e opera, atualmente, com 10% da sua potência.


LEIA TAMBÉM: ALTA DENSIDADE DE AERAÇÃO NA ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO: UMA CONSIDERAÇÃO ESSENCIAL


Estações de bombeamento

As três estações de bombeamento em atividade na cidade também receberam intervenções corretivas e preventivas. Duas estão localizadas em Novo Esteio, atendendo a população do bairro e região. Já a EBE 01, no Centro, é a maior elevatória do município e foi projetada para atender o esgoto gerado no restante da cidade e parte do efluente de Sapucaia do Sul. A vazão atual de trabalho é de 250 litros por segundo, mas possui capacidade de até 383 litros por segundo, podendo atender 198 mil habitantes.

Além da ampliação da rede e das melhorias em estações de tratamento e bombeamento de esgoto, os investimentos também estão voltados às manutenções rotineiras das redes, com vistorias e consertos de vazamentos, desobstrução e limpeza das tubulações, entre outros. A integração dos sistemas permite ao Centro de Controle Operacional da Metrosul monitorar, em tempo real, o funcionamento de todo sistema de esgotamento sanitário dos nove municípios atendidos pela parceria público-privada, tornando ainda mais rápida a atuação da empresa frente às mais diversas situações durante a operação como intervenções e manutenções.

Fonte: Jornal Cidades.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: STARTUP DE RIBEIRÃO PRETO/SP TRABALHA NO DESENVOLVIMENTO DE VACINA ORAL CONTRA A COVID-19

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: MORADORES DE INDAIATUBA/SP RECLAMAM DE CHEIRO E GOSTO DE ÁGUA


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *