NOTÍCIAS

Espuma branca surge em rio de Blumenau; produtos de uso doméstico podem ser causa

Segundo a empresa responsável pelo tratamento do esgoto da cidade, mesmo com o surgimento do material nas primeiras horas do dia, a qualidade da água não foi prejudicada

espuma-agua

Imagem ilustrativa

Uma camada de espuma branca em um trecho do Rio Itajaí-Açu, em Blumenau, no Vale do Itajaí, chamou a atenção de quem passou pelo local na quarta-feira (29). Segundo a empresa responsável pelo tratamento do esgoto da cidade, mesmo com o surgimento do material nas primeiras horas do dia, a qualidade da água não foi prejudicada.

A espuma se formou nas saídas da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Fortaleza e do ribeirão Fortaleza. Segundo a BRK Ambiental, a espuma desceu para o rio e, com o grande volume de água, foi se dissipando. Durante a tarde de quarta, a situação no local começou a ser normalizada.

De acordo com a empresa, a espuma pode ser causada por produtos de uso doméstico. Detergentes e outros itens de limpeza que permanecem na água já tratada acabam gerando mais espuma que o normal por conta da agitação na escada de dissipação hidráulica, às margens do rio. A chuva influencia nesses momentos, pois gera mais volume no que é captado.


LEIA TAMBÉM: PRODUTOS QUÍMICOS PERIGOSOS (PFAS) SÃO ENCONTRADOS EM GARRAFAS DE ÁGUA NOS EUA


Segundo a empresa, os produtos de limpeza não impactaram a qualidade mínima exigida pelas normas ambientais. A concessionária disse também que faz a dosagem de produto antiespumante rotineiramente para minimizar o impacto.

“A qualidade dos resultados do tratamento são atestados e monitorados regularmente pelos órgãos de controle, não identificando nenhuma não conformidade”, informou em nota.

Íntegra da nota da BRK Ambiental

“Junto ao esgoto doméstico que chega na ETE Fortaleza encontram-se substâncias de detergentes, produtos de limpeza, shampoos e etc. A ETE possui tecnologia suficiente para tratar estes resíduos, mantendo as condições de lançamento do efluente tratado exigidos na licença ambiental de operação. No entanto, uma pequena parcela dessas substâncias que ainda remanesce no efluente tratado (dentro dos limites determinados), pode gerar espumas se exposto a agitação, que é o que ocorre eventualmente na saída da escada de dissipação hidráulica, na margem do Rio Itajaí-açu onde foi realizado o vídeo.

Importante ressaltar que ETE Fortaleza foi projetada para receber efluentes com características de efluente doméstico, porém em certas ocasiões é evidenciado uma entrada desconforme a característica de um esgoto gerado em uma residência familiar. Este excesso pode causar a formação de espumas, por isso a Concessionária faz a dosagem de produto antiespumante rotineiramente para minimizar o impacto. A qualidade dos resultados do tratamento são atestados e monitorados regularmente pelos órgãos de controle, não identificando nenhuma não conformidade.

Na mesma imagem é possível identificar que há também a formação de espuma no canal do Ribeirão Fortaleza, que se conecta ao Rio Itajaí-açu bem ao lado da escada hidráulica do emissário da Estação de Tratamento. O Ribeirão Fortaleza ainda recebe grande volume de esgotos não coletados, bastante carregado com detergentes e diversos produtos de limpeza, de grande parte da bacia coletora do bairro Fortaleza que ainda não tem o sistema público de esgotamento sanitário implantado.

Ressaltamos que a melhoria na qualidade da água do Rio Itajaí-açu, dos córregos e dos ribeirões que serpenteiam os bairros e ruas onde o sistema de esgotamento sanitário já foi implantado é perceptível. Por meio dos dados obtidos no programa de análise de córregos e rios de Blumenau (IQA – Índice de Qualidade das Águas), pode-se comprovar uma melhoria de 87% relacionada à qualidade das águas em mananciais que já possuem, total ou parcialmente, o sistema público de esgotamento sanitário.”

Fonte: G1.


ÚLTIMAS NOTICIAS: ÁGUAS DE TERESINA INAUGURA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO NO BAIRRO TANCREDO NEVES

ÚLTIMAS NOTICIAS: RESERVATÓRIO COM CAPACIDADE PARA 4 MILHÕES DE LITROS DE ÁGUA SERÁ CONSTRUÍDO EM DIVINÓPOLIS/MG