Notícias

Eletrocoagulação como tratamento de efluentes para indústria de processamento de carnes

Publicado em 21/01/2021 às 10:11:07

Embora o vegetarianismo e o veganismo tenham crescido em popularidade na última década, os veganos e os vegetarianos são amplamente superados em número por pessoas que amam carne.

eletrocoagulacao

Nos Estados Unidos, onde se tem concursos de cachorro-quente e desafios para comer comida, são consumidas muitas carnes de todos os tipos. Portanto, o  tratamento da água do processamento de carne  é necessário para embalar e processar esses alimentos nos Estados Unidos e em todo o mundo.

De acordo com o  North American Meat Institute, em 2017 a indústria de carnes e aves dos EUA processou:

  • 42,2 bilhões de libras de frango;
  • 26,3 bilhões de libras de carne bovina;
  • 25,6 bilhões de libras de carne de porco;
  • 5,9 bilhões de libras de peru.

Do matadouro à embalagem, o processamento de toda essa carne requer grandes quantidades de água para produzir cortes higienicamente seguros de carne, desde bacon a costelas, filés a presunto, peito de frango e muito mais.

Após o abate, os animais passam pela sangria, é removido o couro, pelo ou penas e, em seguida, eviscerados, lavados, aparados e preparados, seguido pelo processamento secundário da carne, como corte, trituração e desossa.

Além de lavar a própria carne, os equipamentos e superfícies também devem ser limpos e desinfetados para atender aos padrões e diretrizes sanitárias federais e locais.

Bilhões de litros de água são usados ​​anualmente nesses processos e os efluentes são preenchidos com contaminantes biológicos que requerem tratamento.


LEIA TAMBÉM: Infraestrutura hídrica nos EUA: investimentos e oportunidades para o setor em 2021


O que há nos efluentes?

Com base nas operações de processamento de carne mencionadas anteriormente, as águas residuais dessas instalações contêm constituintes orgânicos e químicos, tais como:

  • Gorduras / óleo / graxa (FOG)
  • Cabelo
  • Fezes e urina
  • Comida não digerida
  • Sangue
  • Bactérias, vírus, cistos
  • Nitrogênio e fósforo
  • Detergentes e desinfetantes

Poluentes como esses podem causar uma série de problemas. Patógenos e desinfetantes causam efeitos adversos à saúde em humanos, animais e plantas.

O nitrogênio e o fósforo podem causar o crescimento absoluto das plantas, o que pode levar à eutrofização, enquanto o FOG pode causar entupimento de canos e problemas ambientais.

Benefícios da eletrocoagulação para empresas de carne/aves

A eletrocoagulação (EC) no tratamento de efluente existe há várias décadas. No entanto, foi nos últimos anos que ganhou reconhecimento por meio de melhorias como um processo de tratamento viável e eficaz.

Em muitas indústrias, tem resultados de tratamento comparáveis, se não melhores, em relação ao tratamento químico convencional. Ele está se tornando conhecido por seus custos de ciclo de vida mais baixos em um sistema de tratamento integrado.

No caso do tratamento de águas residuais do processamento de aves e carnes, existem alguns benefícios importantes.

  • Reutilização de água

Cada vez mais, as indústrias são pressionadas a implementar práticas mais sustentáveis, especialmente envolvendo o uso da água. À medida que as fontes de água doce diminuem, diminuir o consumo de água torna-se imperativo. Uma forma de reduzir a demanda de água bruta é por meio da reutilização. Em alguns casos, os sistemas de tratamento que podem tratar as águas residuais até um nível reutilizável podem ser grandes e caros, mas com o EC, os sistemas podem ser modulares, compactos e custar menos. O processo de EC pode reduzir substancialmente vários dos contaminantes listados acima de uma só vez, deixando a filtração e desinfecção pós-clarificação e polimento para completar o tratamento. Essa água tratada pode ser usada para limpeza pós-processo, que pode usar uma porcentagem razoável do volume total de água usado durante o processamento.

  • Redução de coliformes fecais e patógenos

Os coliformes fecais em si nem sempre são prejudiciais, mas normalmente servem como um indicador da presença de matéria fecal e substâncias patogênicas. Na indústria de carnes e aves, é quase certo que a matéria fecal esteja presente junto com patógenos, como bactérias, cistos ou vírus. Felizmente, o EC é bastante proficiente em reduzir significativamente, se não erradicar completamente, essas substâncias patogênicas. Os campos elétricos produzidos pelos eletrodos podem enfraquecer as membranas celulares e torná-las mais permeáveis ​​e a neutralização de carga geral permite que os microorganismos floculem ou juntem-se a partículas maiores e se acomodem.

  • Reciclagem FOG

Gorduras, óleos e graxas são resíduos comuns na indústria de carnes e aves. A gordura, os óleos e as graxas emulsificados são efetivamente removidos pelo EC graças à sua desestabilização in situ das emulsões e capacidade de flotação.

No entanto, em vez de serem descartados, esses produtos podem ser reciclados e processados ​​como combustíveis no local ou vendidos a alguma outra empresa para esse fim. FOG também pode ser usado para energia térmica, diretamente como calor ou convertido em energia elétrica.

  • Lodo

Com altos níveis de sólidos nas águas residuais, o tratamento inevitavelmente produzirá algum volume de lodo. Em processos de tratamento químico, o volume de lodo é normalmente alto, pois o tratamento de coagulação química é um processo aditivo. Essa lama é geralmente perigosa e deve ser tratada separadamente e descartada com cuidado a um custo extra nessas instalações.

Normalmente, esses produtos químicos não são necessários em um sistema de EC, então há menos lodo produzido e normalmente não é perigoso. Após a desidratação, o lodo pode ser descartado mais facilmente e a um custo menor. Ele pode ser vendido para uma fazenda local para aplicação no terreno.

Em suma, a eletrocoagulação é um excelente processo de tratamento para o processamento de carnes e a indústria avícola.

Fonte: Water Online

Traduzido e adaptado por Renata Mafra

renata@tratamentodeagua.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *