NOTÍCIAS

DAE Jundiaí/SP amplia capacidade do tratamento de esgoto no Vetor Oeste

DAE Jundiaí garante mais segurança na operação de tratamento e ampliação dos serviços para as futuras empresas

 

tratamento-esgoto

Imagem Ilustrativa

 

Uma nova linha de recalque para tratamento de esgoto está em construção no Jardim Novo Horizonte. A obra da DAE na Estrada Municipal do Varjão tem três quilômetros e ficará pronta em cinco meses. Com o trabalho, a DAE Jundiaí garante mais segurança na operação de tratamento e ampliação dos serviços para as futuras empresas que se instalarão no Vetor Oeste.

O investimento, segundo a DAE, é de R$ 862 mil – recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio do PAC-OGU.

De acordo com o gerente de Obras de Esgoto da DAE, Alexandre Mariano Silva, a linha de recalque vai trazer mais segurança para a operação da estação – por onde chegam resíduos gerados, principalmente, pelas empresas localizadas no Distrito Industrial.

“O percurso do esgoto, em geral, é feito por gravidade. Porém, neste caso, há necessidade de usarmos bombas para que esta linha possa elevar os efluentes que nela chegam, indo de um ponto mais baixo para uma cota acima”, explica.


LEIA TAMBÉM: AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA ELIMINAÇÃO DE SARS – COV 2 EM ESGOTOS


Novas empresas

Além disso, com a obra, a DAE terá maior capacidade para atender a destinação de resíduos na região. “Hoje temos uma demanda mais limitada na EEE. Com a linha de recalque, poderemos atender novas empresas, pensando no futuro”, conta a gerente de Tratamento de Esgoto da DAE, Alba Romana.

A linha de recalque está em execução na Estrada Municipal do Jardim Novo Horizonte, em uma extensão de três quilômetros. A via será parcialmente interditada enquanto os serviços forem realizados.

Toda a região que já coleta e afasta esgoto até a Estação Elevatória será beneficiada, incluindo os bairros Residencial Jundiaí, FazGran, Reserva da Serra, Chácara Planalto, Portal do Medeiros, Condomínio Tereza Cristina e Jardim Ermida. A previsão é de que obra seja concluída em cinco meses.

Fonte: Tribuna Jundiaí.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS:PORTO ALEGRE/RS REGISTRA QUEDA NA PRESENÇA DO CORONAVÍRUS NO ESGOTO POR DUAS SEMANAS SEGUIDAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:LODO DE ESGOTO SANITÁRIO É TRANSFORMADO EM ADUBO ORGÂNICO PARA HORTAS E JARDINS