BIBLIOTECA

Tratabilidade e estudo da toxicidade em efluentes da indústria têxtil tratados por processo foto-Fenton heterogêneo

Resumo

O presente estudo teve como objetivo avaliar a tratabilidade e a toxicidade de efluente têxtil submetido ao processo Foto-Fenton heterogêneo utilizando sementes de alface (Lactuca sativa) como organismos-teste. As amostras de efluentes foram coletadas na ETE de uma indústria têxtil e submetidas ao tratamento oxidativo, que teve duração de 105 minutos. Em intervalos de tempo (15, 30, 45, 60, 75, 90 e 105 minutos), alíquotas foram retiradas para análises da toxicidade e para análises físico químicas (cor, compostos aromáticos, turbidez, nível de pH e peróxido residual). As respostas da toxicidade foram avaliadas a partir dos resultados do percentual de germinação e da inibição de crescimento da radícula e do hipocótilo da planta. A taxa média de germinação absoluta após o tratamento foi de 72,5%. Uma inibição de 30,6% do hipocótilo e de 99% da radícula foi observada. Em relação aos parâmetros físico-químicos, o processo foto-Fenton heterogêneo foi efetivo, apresentando uma remoção de cor de 90%, dos compostos aromáticos de 80 % e da turbidez de 30%.

INTRODUÇÃO

O segmento industrial é um dos mais importantes setores da economia do país, sendo de grande importância na geração de empregos, em atividades de importação e exportação e geração de renda. Entretanto, do ponto de vista ambiental, as indústrias são apontadas como causadoras de degradação ambiental, especialmente quando não possuem sistemas de gestão adequados para gerenciar seus resíduos.

As indústrias têxteis se destacam na economia nacional e internacional. No Estado de Santa Catarina, elas ocupam uma importante posição no mercado, principalmente no vale do Itajaí. Contudo, são mundialmente conhecidas como uma das maiores consumidoras de água. Seus processos produtivos demandam de 80 a 100 m3 de água por tonelada de tecido acabado. Como consequência desse alto consumo de água, ocorre a geração de grandes volumes de efluentes industriais (SAVIN; BUTNARU, 2008).

Autores: Beatriz Lima Santos Klienchen Dalari| Cristiane Lisboa Giroletti | Fabiola Tomassoni |
Maria Cristina D’amoreira De Amorim | Maria Eliza Nagel Hassemer

 

ARTIGO COMPLETO