Biblioteca

Uso de sementes de Moringa oleifera como agente coagulante para o tratamento de água

Publicado em 19/02/2021 às 16:28:17
Categoria(s): Tratamento de Água,
Tags:

Resumo

O sulfato de alumínio e o policloreto de alumínio são coagulantes químicos eficientes para formação de flocos em unidades de tratamento de água. No entanto, estes coagulantes podem contribuir para o desenvolvimento da doença de Alzheimer pelo alumínio residual na água pós-tratamento. Em razão disso, esta pesquisa teve como objetivo verificar a aplicação de extrato salino (CaCl2) de sementes de Moringa oleifera no tratamento de águas com baixa turbidez, usando flotação por ar dissolvido (FAD). A eficiência do processo foi determinada mediante os parâmetros cor, turbidez, pH e condutividade, os quais foram discriminados por Análise de Componentes Principais. Duas condições de turbidez (10 e 20 uT) foram utilizadas neste estudo, enquanto os ensaios de coagulação, floculação e FAD foram realizados com extratos salinos da semente nas dosagens de 10, 20, 30, 40 e 50 mg L-1. Os resultados indicaram que houve remoção de turbidez (64,2 e 78,2%) e cor (77,6 e 72,4%) em águas com turbidez de 10 e 20 uT, respectivamente. A condutividade aumentou em função do maior acréscimo de coagulante, enquanto o pH não foi alterado de forma significativa. Concluiu-se, desta forma, que o uso do coagulante Moringa oleifera favoreceu a remoção dos parâmetros cor e turbidez, melhorando a qualidade da água

 

Autor: Jonas Raul Balbinoti1; Camila Laschiwitz Beghetto; Lucicleide Ângelo Silva; Lucila Adriani Coral; Fatima de Jesus Bassetti


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *