BIBLIOTECA

Remoção de matéria orgânica, coliformes totais e nitrificação por filtros de areia

ÓRGÃO OFICIAL DE INFORMAÇÃO TÉCNICA ABES – BRASIL

Autores: Adriano Luiz Tonetti, Bruno Coraucci Filho, Ronaldo Stefanutti , Roberto Feijó de Figueiredo, Camilla Cristina Okano São Pedro

Resumo: Segundo o IBGE (2000), 73% dos municípios brasileiros possuem menos de 20.000 habitantes, que em sua maior parte vive na zona rural ou em pequenos núcleos urbanos. Quase a totalidade dos esgotos destas cidades é lançada nos corpos hídricos, contribuindo com o agravamento dos problemas de saúde pública e ambiental. Esses danos podem ser minimizados com o emprego de sistemas de tratamento simples, eficientes, sustentáveis e economicamente viáveis. O filtro anaeróbio com recheio de bambu combinado com filtros de areia satisfaria estas exigências, propiciando um efluente adequado para disposição nos cursos d’água ou para reúso, resguardando as fontes de água potável. A aplicação piloto deste método demonstrou que no emprego de baixas cargas de efluente anaeróbio nos filtros de areia havia uma remoção superior a 96% da DBO, adequação na emissão de coliformes totais e uma completa nitrificação. Aumentando-se as cargas, ocorria uma pequena redução da eficiência, no entanto os resultados ainda eram satisfatórios.

PALAVRAS-CHAVE: Filtro de areia, filtro anaeróbio, esgoto, pós-tratamento, baixo custo.

Clique aqui para download

http://www.abes-dn.org.br