BIBLIOTECA

Projeto piloto calha coletora de esgoto em tempo seco

Resumo

Este projeto tem como objetivo retirar lançamentos de esgoto pontuais em canais de drenagem de água pluvial, um caso especifico é o lançamento de esgoto da Rua Dr. Monteiro Tapajós – Bosque da saúde/São Paulo situação em que os imóveis foram construídos de forma irregular dificultando acesso para obras de esgotamento sanitário. Uma obra proposta de execução construtiva seria por Método Não Destrutivo com extensão de 200 metros de rede a uma profundidade de 13 metros, este método construtivo são realizadas por empresas especializadas e o custo destes serviços são elevados. E seguindo as diretrizes da companhia e em busca de soluções inovadoras, o Polo de Manutenção Vila Mariana através de seus técnicos operacionais desenvolveram uma forma alternativa de captação de esgoto a calha coletora de esgoto em tempo seco.

Introdução

Este presente trabalho tem como proposito descrever o projeto piloto calha coletora de Esgoto em Tempo Seco que foi implantado no bairro Bosque da saúde/São Paulo, onde deságua no córrego Ipiranga. Este projeto visou coletar todo esgoto despejado em uma canaleta de drenagem de água pluvial, figura 1 e encaminhar para destino final a estação de tratamento de esgoto (ETE Barueri).

Esse trabalho de despoluição faz parte do Programa Córrego Limpo, cooperação entre a Prefeitura Municipal do Estado de São Paulo e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP desenvolvido pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo em parceria com a Prefeitura Municipal do Estado de São Paulo que promove o saneamento e a regeneração do ambiente, propositando efeitos mais amplos de conscientização ambiental, podendo refletir sensivelmente nos córregos e rios que se encontram a jusante, reduzindo a poluição em cadeia dos recursos hídricos. O Programa tem como objetivo a despoluição do Córrego Ipiranga com 241 mil habitantes, sendo o mais extenso do Programa Córrego Limpo com 12,45 Km. O Córrego Ipiranga possui área de 23,9 Kmcom 38 sub bacias de drenagem. Muitas obras foram feitas desde o início do programa, no entanto algumas intervenções ainda se fazem necessárias, mas todas dependentes de obras complexas e algumas sem solução viável. Um desses casos é o lançamento de esgoto no bairro Bosque da saúde/São Paulo localizado a Rua Dr. Monteiro Tapajós – um caso de difícil solução devido a ocupação irregular de imóveis. Para realização da despoluição da canaleta de drenagem de água pluvial seria necessário a execução de obra por método não destrutivo com mais de 200 metros de extensão de rede coletora de esgoto a uma profundidade média de 13 metros.

Ações integradas de inspeções e adequações com a utilização de novas tecnologias remodelam e otimizam o sistema de esgotamento sanitário existente, reduzindo custos de manutenção e operação, aumentando índices de esgoto tratado e de qualidade de vida da população.

projeto-calha-coletora-esgoto

Autores: Roberto Teruya; Alberto Prado Cunha; Fabiano de Andrade Teixeira; Giordashi Couto Moncão; e Fernando Henrique Garcia.