BIBLIOTECA

Produção de biomassa de algas de água doce a partir de chorume e efluentes domésticos

Este trabalho teve como objetivo verificar a possibilidade de desenvolvimento de espécies de algas de água doce para possível produção de biomassa, para diferentes fins, a partir de distintos meios de culturas: Chorume de aterro sanitário, efluentes de laboratórios e domésticos. Os meios de culturas consideraram diferentes concentrações de efluentes (100%, 75%, 50% e 25%). As amostras de algas para a inoculação foram obtidas de coleções de experimentos anteriores e de amostras de água dos tanques de psiculturas. Os reatores de cultivo foram feitos com materiais recicláveis e o projeto desenvolvido no Laboratório de Ecofisiologia/CPBIO/UEMS. Após o período de instalação e aclimatação das culturas observou-se a proliferação de algas em todos os meios testados, sendo o número maior de espécies observados nas menores concentrações e na bateria de maior tempo de desenvolvimento de experimento, efluentes de laboratório de biologia. Foram indentificadas 15 famílias. Os resultados permitem inferir que seria possível a produção de biomassa de algas a partir de efluentes principalmente considerando a sua aplicação na produção de biocombustíveis, fertilizantes e produtos químicos para usos industriais.

Palavras-Chave: Algas de água doce, biomassa, chorume, efluentes.

Leia o artigo completo: Produção de biomassa de algas de água doce a partir de chorume e efluentes domésticos