BIBLIOTECA

Processo fenton heterogêneo usando resíduos siderúrgicos para degradação de azul de metileno

Resumo: Processos oxidativos avançados (POAs) são tecnologias alternativas para remoção eficiente de poluentes orgânicos com elevada estabilidade química e/ou baixa biodegradabilidade.Entre os POAs, os sistemas oxidativos baseados na reação Fenton são os mais utilizados para remoção de corantes. Nesse artigo, resíduos siderúrgicos de laminação, têmpera e aciaria foram avaliados como catalisadores na reação Fenton em processo contínuo, para a remoção do corante azul de metileno em solução aquosa. Esses resíduos foram caracterizados por difratometria de raios X (DRX) e fluorescência de raios X (FRX). Os resultados de caracterização mostraram que os resíduos possuem alto teor de óxido de ferro (hematita) entre outros elementos.Os resíduos foram ativos na reação Fenton e os resultados de cor remanescente na solução mostraram: têmpera (80%) >aciaria (30%)>laminação (23%). Os resíduos de aciaria e laminação apresentaram os melhores resultados de cor remanescente (≤ 30%) e de redução da DQO (≥ 75%).Os resíduos de aciaria e laminação foram promissores para uso como catalisador na reação Fenton heterogênea, para remoção do azul de metileno usando processo contínuo.

Autores: Alisson Henrique Marques da Silva; Jordana Alves da Cunha Silva e Marcelo da Silva Batista.

Leia o estudo completo: Processo fenton heterogêneo usando resíduos siderúrgicos para degradação de azul de metileno