BIBLIOTECA

Diagnóstico do Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto Sanitário do Rio Grande do Sul

Grande parte dos efluentes domésticos e industriais são lançados nos recursos hídricos, resultando, além de vários problemas socioambientais, impactos significativos sobre a vida aquática e o meio ambiente como um todo. Todo efluente precisa ser coletado, tratado e ter um destino adequado. Assim, este trabalho tem como objetivo apresentar um diagnóstico do sistema de coleta e tratamento de esgoto sanitário do estado do Rio grande do Sul, com base na última Pesquisa Nacional de Saneamento Básico (PNSB) do IBGE. Esta pesquisa considerou a porcentagem de municípios do estado que possuem rede coletora e quais tipos, assim como os tipos de tratamento de esgoto existentes. Com base nos dados coletados, 41% dos municípios possuem rede coletora e apenas 15% possuem algum tratamento de esgoto. Dessa forma, investimento público em saneamento é de extrema importância no estado e conscientização da população se faz necessário.

Continue lendo: Diagnóstico do Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto Sanitário do Rio Grande do Sul