BIBLIOTECA

Comparação entre métodos de estimativa de geração de biogás em aterro sanitário

Produto da decomposição de material orgânico, o biogás apresenta como principais constituintes da sua composição o dióxido de carbono (CO2) e o metano (CH4), sendo este último um combustível possível de ser coletado e utilizado como fonte de energia. Existem diferentes métodos para calcular a quantidade de metano gerado, desde métodos que apresentam uma aproximação grosseira, considerando somente a quantidade de resíduo sólido doméstico disposta no aterro, até métodos que considerem uma cinética de geração de biogás, função de três tipos importantes de parâmetros (condições climáticas locais, concentração de nutrientes no solo e composição do resíduo).Dentre as metodologias estudadas a que mais se aproxima da realidade é a de decaimento de primeira ordem por considerar por meio de parâmetros em sua equação a cinética da reação da produção do biogás ao longo do tempo. A geração de metano estimada por esse método, considerando uma população de 100.000 habitantes, obteve o seu valor máximo um ano após o fechamento das atividades no aterro, cujo valor corresponde a 2.700.000 m3 de metano. Este trabalho tem como objetivo comparar os diferentes métodos utilizados na estimativa de geração de biogás pela inserção de dados de uma população fictícia.

Leia o artigo completo: Comparação entre métodos de estimativa de geração de biogás em aterro sanitário