BIBLIOTECA

Análise comparativa entre o processo de lodo ativado e o reator com biofilme móvel na remoção de nitrogênio de esgoto sanitário

Resumo: O processo de tratamento de esgoto por lodo ativado é utilizado em larga escala no Brasil, podendo ser adaptado para o recebimento de maior carga orgânica ou para a remoção de nitrogênio por meio da introdução de corpos carregadores móveis, processo conhecido por MBBR – Moving Bed Biofilm Reactor. O objetivo do projeto foi identificar as condições de funcionamento do sistema MBBR, tais como relação alimento/microrganismos, idade do lodo de referência à biomassa suspensa e concentração de oxigênio a ser mantida no tanque de aeração, associadas ao desempenho do sistema na remoção de matéria orgânica e nitrogênio para subsidiar a análise da viabilidade do emprego do processo de lodo ativado convencional ou híbrido, sob a forma de reator biológico de leito móvel. A pesquisa foi desenvolvida em escala piloto, mantendo-se dois sistemas em operação em paralelo, um representando o processo de lodo ativado convencional e outro idêntico, exceto pela introdução dos corpos móveis. Desta forma, foi possível atribuir a diferença de resultados à presença da biomassa aderida. Os sistemas foram submetidos a um programa de controle operacional envolvendo determinações in loco e laboratoriais. Os resultados foram avaliados estatisticamente e interpretados. Adicionalmente, se tem como objetivo o desenvolvimento de métodos para a quantificação de biomassa aderida em reator biológico de leito móvel e de bactérias nitrificantes e desnitrificantes.

Autores: Fábio Yugo Fujii; Fábio Campos; Roque Passos Piveli e Pedro Alem Sobrinho.

Leia o estudo completo: Análise comparativa entre o processo de lodo ativado e o reator com biofilme móvel na remoção de nitrogênio de esgoto sanitário