Notícias

Vazamento em empresa causa morte de peixes e pássaros em Campo Bom/RS

Publicado em 07/10/2019 às 10:58:54

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente está investigando uma contaminação química em um arroio de Campo Bom/RS que atingiu o Rio dos Sinos.

empresa-morte-peixes-campo-bomMaterial, ainda não identificado, vazou e chegou até o Rio dos Sinos – Mauri Spengler / Jornal A Gazeta

Nesta semana, moradores encontraram peixes mortos no arroio e no rio, além de alguns pássaros mortos e feridos com queimaduras.

Nesta última quinta-feira (3), uma equipe de emergência da Fepam esteve na empresa Verallia para atender um vazamento na estação de tratamento de efluentes. Conforme o órgão, o vazamento foi percebido por funcionários de uma obra de esgoto.

Negligência no descarte conduz material por rede pluvial

O secretário de meio ambiente de Campo Bom, João Flávio Rosa, considera o caso um acidente, porém não descarta que tenha havido negligência. Ele afirma que o material, após sair da empresa, passou por uma rede pluvial da prefeitura até o arroio. Depois, seguiu o curso do arroio por cerca de 150 metros até chegar em um banhado formado com água do Rio dos Sinos. Os produtos que atingiram a água são desconhecidos.

— A secretaria fez duas coletas de água com laboratório credenciado, mas ainda não temos resultados. Além disso, um pato morto foi levado para o laboratório da Feevale, que vai investigar — disse o titular da pasta.

A Fepam e a Prefeitura afirmam que a empresa está cooperando com a contenção do material poluente. O número de animais mortos ou prejudicados ainda é desconhecido, mas o dado deve constar em relatórios que serão produzidos pela secretaria e pela empresa. O abastecimento de água no município não será prejudicado, pois o ponto de captação da Corsan fica antes do local do vazamento.

Problema técnico ocorreu na estação de tratamento

“A Verallia informa que, devido a um problema técnico ocorrido na estação de tratamento de resíduos da empresa, ocorreu o vazamento de material não tratado em uma galeria de águas pluviais desativada.

** A empresa ressalta que adotou imediatamente todas as medidas de contenção e tratamento deste incidente e que segue trabalhando com todos os seus recursos, inclusive contratação de empresas especializadas, para a solução definitiva da questão o mais rápido possível.  Adicionalmente, a Verallia afirma que está em constante contato com os órgãos ambientais e seguindo todas as recomendações cabíveis.

A Verallia reitera que a fábrica em Campo Bom (RS) é certificada pela ISO 14001:2015, opera dentro de total conformidade com as leis ambientais e possui todas as licenças necessárias para sua operação.” 

Fonte: Gaúchazh.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *