Notícias

A atualização do tratamento de efluentes ajuda a um fabricante de papel a cumprir com os padrões ambientais para descarte e economizar em custos operacionais

Publicado em 01/03/2019 às 10:17:53

A sustentabilidade é uma meta fundamental que conduz negócios por todo o mundo. Através de uma ampla gama de industrias, um foco na eficácia está ajudando as operações a cumprir com os padrões ambientais e aumentar seus lucros.

fluence

Em somente cinco meses, a Fluence foi capaz de projetar e completar uma planta de tratamento de efluentes que permitiu a Consorzio Cartiere di Tivoli, uma empresa fabricante de papel, reduzir o consumo de energia e volume de lodos, e a ao mesmo tempo cumprir com os requisitos de descarte.

Este caso de estudo demonstra como a Fluence ajudou um fabricante de papel industrial na Itália, a aumentar a capacidade de tratamento das suas instalações de tratamento de efluentes para melhorar a qualidade dos mesmos, reduzir o consumo de energia e diminuir custos operativos.

Antecedentes

A indústria primaria na cidade italiana central Tivoli, é a fabricação de papel, onde a Consorzio Cartiere di Tivoli é uma das empresas locais.

Nas suas instalações de 33.000 m2, a companhia produz papel industrial a granel para que outras empresas ao redor do mundo o processem e o terminem em produtos de consumo. Produz os chamados rolo jumbo, que se fabricam principalmente de papel reciclado e também celulose de fontes certificadas. A cada dia a Consorzio Cartiere di Tivoli produz aproximadamente 60 a 65 toneladas de papel tissue não finalizado, assim como 240 a 260 toneladas de embalagens de papelão.

Desafios

A produção de papel é normalmente sujeita ao uso de uma grande quantidade de água. Quando a Consorzio Cartiere di Tivoli reduziu seu consumo de água, a crescente concentração de poluentes no efluente se tonou mais do que sua planta de tratamento de efluentes aeróbicos existente podia administrar, e a planta cumpria com os padrões ambientais de descarte, particularmente durante os períodos de máxima produção.

Para atender aos padrões de descarte e reduzir o consumo de energia, os executivos da Consorzio Cartiere di Tivoli entraram em contato com a Fluence, procurando as melhores tecnologias disponíveis para tratar ambas situações de uma maneira rápida e eficiente.

A Fluence pôde projetar e construir a planta em menos de cinco meses, reutilizando parte do equipamento da instalação existente para economizar gastos. As melhoras também reduziram os custos operacionais da instalação.

Leia a matéria na íntegra

Conheça a linha de equipamentos da Fluence


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *