Notícias

Tecnologia Geradora de Cloro substitui o uso de cilindros de Cloro gás em ETA

Publicado em 21/11/2016 às 13:50:10

Em uma visita à estação de tratamento de água do município de São Carlos/SP, Eduardo Pacheco, Diretor do Portal Tratamento de Água entrevistou José Cristiano Ribeiro, Presidente do Grupo Hidrogeron®, que discorreu sobre o equipamento de geração de Cloro (Hipoclorito de Sódio) instalado na planta, mencionou suas vantagens e benefícios.

(Pacheco) Como funciona a produção e a aplicação desse produto?

(Cristiano) – Essa tecnologia, hoje, é a mais segura existente para a desinfecção de águas, pois, utilizam-se duas matérias primas de fácil manuseio, o sal de cozinha (NaCl) e a energia elétrica, contrapondo-se à todo manuseio de produtos químicos perigosos agregados em outras técnicas, juntamente com seu transporte, armazenamento, estocagem, segurança civil, entre outros. A pesquisa tecnológica teve início no ano de 1987, e término em 1995, contou com o apoio de diversas entidades que acreditaram neste projeto.

 – Composta por etapas básicas, como a preparação da salmoura, ou em outras palavras, a dissolução do sal de cozinha em meio aquoso em concentração adequada, (concentração essa, gerenciada por instrumentos específicos), seguida da entrada dessa salmoura em uma célula eletrolítica, alimentada por uma corrente elétrica contínua convertida por painéis, transformando assim, o cloreto de sódio em uma solução de Hipoclorito de Sódio.

(Pacheco) Em relação à parte operacional, há certa dificuldade ou operações muito específicas que devem ser realizadas por parte do operador?

(Cristiano) – O Grupo Hidrogeron® realiza todo o treinamento operacional em relação à visualização dos componentes do sistema, ajuste de dosagens, porém, o sistema é todo automatizado, desde a dosagem de salmoura, quantidade de água para diluição da salmoura até à aplicação da corrente elétrica, tudo isso é ajustado e automatizado, a máquina já vem parametrizada para que ocorra o ajuste da corrente elétrica necessária para a correta produção.

(Pacheco) O Grupo Hidrogeron® pode fornecer assistência técnica em toda extensão do território nacional? E como funciona a assistência técnica em relação ao pós venda e em dificuldades operacionais?

(Cristiano) – Esse é um grande trunfo do Grupo, nós atuamos no ramo de Saneamento há 42 anos e sabemos que com Tratamento de Água não se brinca, quando ocorre qualquer tipo de problema, o cliente não pode esperar um, dois ou até três dias para o atendimento, compreendendo essa necessidade, o Grupo Hidrogeron® possui cerca de 20 equipes de assistência técnica espalhadas por todo Brasil, equipadas com material sobressalente, peças, componentes, atendendo os clientes sempre em questão de horas.

(Pacheco) Quais as vantagens do sistema Gerador de Hipoclorito de Sódio da Hidrogeron® em relação ao método convencional de cloração (gás cloro)?

(Cristiano) – Nós oferecemos desde o diagnóstico da situação, fazemos todos os projetos de adequação: civil, elétrica e hidráulica, instalação da máquina, realização do treinamento de operação, ou seja, toda engenharia de aplicação, além da segurança operacional em relação à cloração realizada através do gás.

(Pacheco) Além da planta em operação em São Carlos/SP, a Hidrogeron® possui outras plantas instaladas no país?

(Cristiano) – Temos 10 mil máquinas implantadas por todo Brasil, desde equipamentos de pequeno porte para atendimento local de 50 famílias, até cidades com um milhão de habitantes. Hoje, as grandes companhias de saneamento do Brasil são nossas clientes, tais como: SABESP, SANEPAR, CESAN, CAGESP, CORSAN; sistemas autônomos, os SAMAE’s, SAAE’s e os sistemas privados, Odebrecht, CAB, Águas do Brasil, entre outros.

Leila Jorge Patrizzi, responsável pelo gerenciamento do Tratamento de Água e Esgoto do SAAE de São Carlos e Eliana, chefe do setor operacional de Água Potável, acrescentam os benefícios apresentados pelo sistema Gerador de Hipoclorito de sódio.

(Pacheco) Quais as vantagens observadas ao utilizar o sistema Gerador de Hipoclorito de Sódio da Hidrogeron® na Estação de Tratamento de Água do município?

(Patrizzi) – Uma das vantagens foi a economia gerada, nós tivemos uma redução de aproximadamente 20% do custo no sistema de desinfecção da água, outra vantagem muito importante foi o emprego de um maior potencial bactericida, nós controlamos e monitoramos as bactérias heterotróficas na rede de distribuição de água, com isso, foi observada redução dessas bactérias, muito provavelmente pela ação do peróxido de hidrogênio e outros oxidantes gerados, obtivemos também, uma redução na dosagem de alcalinizante, o produto gerado, quando aplicado na água, não abaixou seus níveis de pH, acarretando a redução mencionada, reação oposta à aplicação do gás cloro.

(Eliana) – O sistema, também nos garante estabilidade do cloro residual nas pontas de rede, pois com ele, temos uma maior precisão na dosagem do produto, garantindo assim, uma qualidade de água superior para o consumidor.

Willian, operador da Estação de Tratamento de Água de São Carlos/SP, comenta sobre a operação corriqueira do equipamento, suas facilidades e benefícios relacionados à matéria prima utilizada na operação.

(Pacheco) O Gerador de Hiploclorito de Sódio possui fácil operação?

(Willian) – A operação do Gerador de Hiploclorito de Sódio consiste basicamente no abastecimento do saturador com o Cloreto de Sódio (NaCl) até uma marca especificada nos tanques,  as etapas subsequentes são realizadas de forma automatizada, há apenas o cuidado de observar os componentes do sistema para garantir o pleno funcionamento.

Além do equipamento Gerador de Hiploclorito de Sódio, há também instalado na Estação, o Gerador de Fluoreto (existem quantidades mínimas obrigatórias de flúor a serem adicionadas na água, quantidades essas estabelecidas pela Portaria MS 2914/11), Cristiano explana o processo no qual a Hidrogeron utiliza para gerar essa substância:

(Cristiano) – Nosso sistema de preparação de fluoreto constitui-se através do processo de saturação por batelada, com o tanque automatizado, possuindo sensores de nível para alimentação de água, tornando todo processo uniforme, gerando uma solução de fluoreto sempre na mesma concentração (concentração essa, importantíssima para o atendimento dos estreitos níveis de conformidade estabelecidos pela Portaria MS 2914/11), onde, a única intervenção operacional não automatizada se dá por conta da adição do sal de Flúor Silicato de Sódio pelo operador;

(Pacheco) Uma alternativa à adição do Ácido Fluossilícico é a utilização do sistema Gerador de Fluoreto da Hidrogeron®, quais as vantagens do sistema em relação à adição desse Ácido?

(Cristiano) – O Ácido Fluossilícico é bastante corrosivo, onde seu transporte, armazenamento e manuseio são muito delicados e até mesmo perigosos, já no sistema Gerador de Fluoreto da Hidrogeron® não há risco de contato com o líquido, a vantagem está contida basicamente na redução de riscos.

(Pacheco) Preparada a solução, basta uma bomba dosadora para aplicação na rede?

(Cristiano) – Aqui, utilizamos um sistema de dosagem através de um Hidroejetor a vácuo, mais simples, barato e exige menos manutenção por ser totalmente hidráulico, um sistema de venturi com rotâmetro para medição da vazão em l/h, assim norteando o operador para o controle de dosagem.

untitled-3

Cristiano completa seu discurso elucidando os mais de 20 anos em que seu equipamento está no mercado, com mais de 500 instalações em todo território nacional, atingindo sistemas de pequeno porte, até grandes cidades, bastando apenas projetar proporcionalmente o tamanho do saturador.

Confira a entrevista:

Inscreva-se em nosso canal do YouTube e receba notificações com nossas novidades!

Entrevista transcrita por:      

Pedro Carvalho Oliveira

pedro@webapp233877.ip-104-237-133-206.cloudezapp.io


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *