Notícias

Samarco vai reformar a estação de tratamento de água em Regência

Publicado em 11/11/2016 às 10:54:10

Previsão é que a obra seja concluída em agosto de 2017.
Estação vai captar, tratar e distribuir a água de poços subterrâneos.

368

Após um acordo judicial, a Samarco se comprometeu em reformar a Estação de Tratamento de Água (ETA) no distrito de Regência, na foz do Rio Doce, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. A previsão é que a obra seja concluída em agosto de 2017. A estação vai captar, tratar e distribuir a água de poços subterrâneos da região.

O acordo foi firmado junto ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente de Linhares, e o município.

O compromisso prevê que a empresa deixará a estação em plenas condições técnicas, o que tornará a água apropriada para o consumo humano. O abastecimento em Regência ficou comprometido em razão da lama que atingiu o Rio Doce após o rompimento de barragens da mineradora na cidade de Mariana, em Minas Gerais, em novembro de 2015.
O município de Linhares deverá entregar à empresa as licenças ambientais e autorizações legais da obra, além de aprovar os projetos desenvolvidos pela Samarco.

Na ação, o município declarou que os níveis de bário, ferro e manganês na água do Rio Doce estavam acima dos parâmetros normais, impedindo o abastecimento em Regência.
Após a análise da solução hídrica definitiva de Regência apresentada pelo município, a Samarco firmou o acordo. No acordo, a empresa se compromete a continuar fornecendo água para a localidade até a conclusão da obra.
Samarco

Em nota, a Samarco informou que vai reformar a ETA conforme acordo firmado entre a empresa, a Prefeitura de Linhares e o Ministério Público do Espírito Santo.

“Atualmente, os projetos executivos para a reforma estão em andamento. A obra será iniciada no primeiro semestre de 2017 e será entregue em agosto do mesmo ano. A Samarco afirma que continuará a fazer o transporte de água potável da ETA central de Linhares até a ETA de Regência até que a estação do distrito possibilite o tratamento da água”, diz a nota.

Sobre a nova adutora de Linhares, a Samarco disse que a obra foi concluída e entrará em operação nas próximas semanas. “A adutora teve investimentos de R$ 7 milhões e atende captação alternativa de até 50% para o município de Linhares”, informou a empresa.

Fonte: G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *