Notícias

Reúso de efluentes em engarrafadora na Argentina

Publicado em 12/07/2018 às 11:30:47

A Coca-Cola FEMSA, uma das maiores engarrafadoras América Latina, tinha que aumentar a capacidade da planta de efluentes nas instalações do seu site Alcorta, em Buenos Aires, entretanto não contavam com espaço para esta expansão.

femsa-fluence

A Fluence atendeu as necessidades do cliente com uma tecnologia de biorreator de membrana (MBR). Um reator biológico sequencial (SBR) se converteu em um biorreator contínuo com uma etapa de clarificação usando membranas AirLift. Com a nova tecnologia, a planta de tratamento pode lidar com maiores concentrações de lodo em uma superfície menor do que uma planta convencional. A planta produz efluentes tratados aptos para reúso dentro da mesma instalação.

Antecedentes

A Coca-Cola FEMSA é a maior engarrafadora da Coca-Cola no mundo em termos de volume de vendas, produzindo um de cada dez produtos da Coca-Cola que se comercializam mundialmente. A empresa presta serviços a mais de 100 marcas de bebida por meio de uma rede de mais de 2.9 milhões de pontos de vendas para aproximadamente 346 milhões de consumidores em nove países da América Latina e Filipinas. Nosso cliente trabalha estreitamente com a The Coca-Cola Company (TCCC) para projetar e implementar um portfólio convincente de marcas de bebidas e pacotes que atendam as dinâmicas de mercado individuais e estimulem a demanda de uma crescente base de consumidores.

Na Argentina, a Coca-Cola FEMSA conta com mais de 77 pontos de venda e atende a aproximadamente 33% da população (13 milhões de consumidores).

Desafios

Devido ao seu grande volume de produção, a Planta Alcorta necessitava aumentar sua capacidade de tratamento de águas residuais. A planta de tratamento de efluentes era do tipo convencional e não permitia sua expansão. Além do mais os altos padrões da TCCC relacionados com as bebidas produzidas e o consumo de água motivaram ao nosso cliente a considerar aplicações de reúso.

(…)

Leia a matéria na íntegra


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *