Notícias

Simpósio destaca o reúso de água como solução diante da escassez hídrica

Publicado em 19/11/2018 às 11:24:31

Intercâmbio de conhecimentos e experiências no tema são discutidos por especialistas brasileiros e internacionais

escassez-hidrica

escassez-hidrica

Helene Kluber, da CH2M, apresenta estudo feito no âmbito da cooperação com o IICA

O reúso da água como fonte complementar de abastecimento para enfrentar a falta de água foi tema do “Simpósio Internacional: Escassez Hídrica e Reúso de Água como parte da Solução”, em São Paulo (SP). O evento contou com a participação de especialistas internacionais mostrando de que forma estão sendo buscadas soluções em países como Israel, México, Espanha e Grã-Bretanha.

O objetivo do Simpósio foi estabelecer um grande marco no intercâmbio de conhecimento e experiências de sucesso entre os especialistas internacionais e brasileiros sobre o setor hídrico e o reuso de água, trazendo o que há de mais moderno e inovador para a discussão.

Participaram mais de 150 profissionais de setores como companhias de abastecimento públicas e privadas, comitês de bacias hidrográficas, agências reguladoras municipais, estaduais e federais, companhias de engenharia e de prestação de serviços, fabricantes e distribuidoras de equipamentos, entre outros.

O Plano de Ação para a implantação da Política de Reúso no Brasil, fruto da cooperação técnica entre Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Ministério das Cidades e Banco Mundial, no âmbito do Programa Interáguas, foi apresentado no evento por Helene Kubler, do consórcio CH2M.

Reúso de água

“O reúso de água, em todas as modalidades, incluindo para uso potável, está crescendo no mundo. É possível produzir água de reúso com qualidade, estável e continuamente, utilizando tecnologias avançadas existentes no Brasil”, avalia Cristina Costa, especialista do IICA, que participou do encontro.

No simpósio, foi possível ampliar a discussão nacional e internacional, promover a divulgação das melhores práticas desenvolvidas por profissionais e pelo setor público, propiciar um ambiente ideal para a troca de informações sobre tecnologias, equipamentos e serviços na busca do desenvolvimento sustentável, com vistas a criar estratégias e tecnologias de capacitação do conhecimento no setor de reúso de água.

O evento é realizado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), contando com o suporte da Sabesp, Sanasa, Agência PCJ, Comitês PCJ, Fabhat, Epusp e Banco Mundial.

Aquapolo

aquapolo

Viviane Ramos, da Embasa (esq.) e Cristina Costa, do IICA (dir.), na visita técnica ao Aquapolo

No dia 13, foi realizada uma vista técnica ao Aquapolo Ambiental, projeto moderno e sustentável, considerado o maior empreendimento para a produção de água de reúso industrial na América do Sul, e quinto maior do planeta.

Resultado de parceria entre a BRK Ambiental e a SABESP, está apto a produzir 1.000 litros/segundo de água de reúso, utilizando os mais avançados e complexos processos tecnológicos existentes. A cada litro de água produzida em suas instalações, outro litro de água potável é economizado.

Sobre o IICA

É o organismo internacional especializado em agricultura do Sistema Interamericano. Sua missão é estimular, promover e apoiar os esforços de seus 34 Estados-membros para alcançar o desenvolvimento agrícola e o bem-estar rural, por meio da cooperação técnica internacional de excelência.

Fonte: IICA.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *