NOTÍCIAS

Redução de Micropoluentes em ETE’s Através do Uso de Carvão Ativado

logocabot

CARVÃO ATIVADO NORIT DA CABOT: PERFORMANCE SUPERIOR

• Eliminação muito elevada de micropoluentes (MP’s) através de dosagens de carvão ativado em pó (PAC) na ordem dos 10-20ppm.
• Elevadíssima redução de subprodutos de oxidação pós-ozônio com filtros de carvão ativado granular (GAC).
• Melhoria na qualidade de água e na saúde dos ecossistemas em geral, através da redução de MP’s em águas superficiais.

VISÃO GERAL DA APLICAÇÃO

Micropoluentes são uma ameaça emergente à qualidade de água de rios, lagos e reservatórios, causada pela emissão de substâncias orgânicas e minerais em águas superficiais. Essas substâncias estão presentes em muitos produtos de uso comum que passam através do corpo para os efluentes, acabando por poluir o ambiente aquático. Apesar de haver muitas fontes de MP’s, o principal origem é o efluente doméstico de Estações de Tratamento de Esgotos (ETE’s). Elas são desenhadas para reduzir sólidos, material orgânico e nutrientes, mas não MP’s. Os MP’s mais comuns incluem:

• Farmacêuticos

• Agentes de contraste de raios-X
• Cosméticos e produtos de higiéne pessoal
• Hidrocarbonatos e solventes
• Hormônios
• Plásticos
• Pesticidas
• Metais e elementos radioativos.

Quando emitidos no ambiente, muitos MP’s tornam-se persistentes, bio-acumuláveis na cadeia alimentar e risco de envenenamento para o ambiente e para a saúde humana. Disruptores endócrinos, por exemplo, são químicos que podem interferir com o sistema endócrino de corpos e produzir efeitos adversos em termos de desenvolvimento, reprodução, neuroloogia e sistema imunitário, nos humanos e na vida selvagem. MP’s podem mimetizar ou bloquear hormônios naturais em organismos, estando diretamente ligados a taxas de fertillidade reduzidas, desenvolvimentos anormais pré- e pós-natais, e ao aumento da incidência de certos tipos de câncer. Além disso, MP’s podem causar estes efeitos adversos em concentrações extremamente baixas nas águas (na ordem dos nanogramas por litro).

TECNOLOGIAS DE TRATAMENTO AVANÇADAS
Devido ao facto de que muitos MP’s não são facilmente removidos em ETE’s convencionais, é necessário o uso de tecnologias de tratamento avançadas para reuzir essas emissões para corpos aquáticos. Dois tipos de tratamento avançado apresentaram remoções de MP’s na ordem dos 80%:

1) Dosagem de PAC seguida de filtração por areia;
2) Oxidação por ozônio seguida de filtração GAC.

PRODUTOS
A elevada qualidade dos graus de carvão ativado da Cabot-Norit em pó e granulares garante eliminação excepcional de MP’s e adsorção eficiente de sub-produtos de oxidação por ozônio em purificação de efluentes, reduzindo significativamente as cargas de MP’s e prevenindo a entrada de resíduos potencialmente perigosos em águas superficiais.

cabot3

CARVÃO ATIVADO EM PÓ (PAC)

O grau de carvão ativado NORIT SAE SUPER é o benchmark industrial em termos de performance, providenciando reduções muito elevadas de MP’s a dosagens de PAC inferiores a 20ppm (ver Figura 1). Este carvão combina uma elevada mesoporosidade (que reduz o efeito de bloqueio de poros, ficando estes livres para se dar a adsorção da fração de carbono orgânico dissolvido – DOC), com elevada microporosidade (que por sua vez permite a adsorção eficaz de MP’s – Figura 2).

cabot2

FILTRAÇÃO GAC DEPOIS DE OZONIZAÇÃO

NORIT GAC 612 WFD tem uma distribução de tamanho de partículas mais elevada que lhe confere opções adicionais para remoção de nitrogênio e fósforo, e ainda adsorção de MP’s e subprodutos num passo único. Estas características fazem dele um um filtro biológico ideal após o tratamento por ozônio. Este processo previne a liberação de subprodutos perigosos para o ambiente, ao mesmo tempo que consegue aguentar grandes cargas de sólidos e garantir os longos ciclos de filtração necessários para uma boa eficiência de custo.

Pedro Paixão
Gerente de Aplicações da América do Sul – Cabot Corporation