NOTÍCIAS

Qualidade da água de Holambra/SP é comprovada e apresentada em relatório

A concessionária Águas de Holambra apresentou o Relatório Anual da Qualidade da Água, que dispõe os resultados de todos o controle realizado no período de janeiro a dezembro de 2020, que em breve estará disponível na versão online e, depois, será entregue aos munícipes.

analise-esgoto

O documento apresenta os resultados, obtidos por meio dos ensaios laboratoriais feitos pela equipe técnica da concessionária, no período de janeiro a dezembro do ano passado. Os métodos de controle envolvem coletas de água nos reservatórios da Concessionária e nos PCQs – Pontos de Controle de Qualidade, que são pontos de análise, localizados nas redes de distribuição.

No total, a empresa executou, neste intervalo, 6.499 análises laboratoriais, sendo 315 da rede de distribuição de água e 6.184 da saída do tratamento, que representam a realização de 105,14% a mais do que as 3.168 previstas para o período pela Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde e pelo Plano Municipal.

Além disso, a qualidade certificada pelas análises laboratoriais, também são enviadas mensalmente pela concessionária Águas de Holambra à Agência Reguladora Ares PCJ, ao Centro de Vigilância Sanitária e ao Saheol, principais órgãos fiscalizadores do município.


LEIA TAMBÉM: Avaliação de Tecnologia para eliminação de SARS – CoV 2 em esgotos


Confiabilidade nos Serviços

“Mais do que cumprir com a legislação, nosso compromisso é garantir que a água fornecida seja de qualidade e que a população se sinta segura ao consumi-la. Para isso, buscamos investir em equipamentos e métodos avançados de pesquisa para aperfeiçoar nossos processos analíticos”, explica Pedro Paulo de Oliveira, técnico de laboratório da Águas de Matão.

Para Rodrigo Leitão, gerente de Engenharia e Operações, em um ano pautado pela pandemia da Covid-19, os aspectos de biossegurança se tornaram ainda mais importantes para garantir a confiabilidade da água distribuída.

“O saneamento, além de ser um direito garantido a qualquer cidadão, é um serviço essencial para a manutenção da vida e, com o avanço dos casos da Covid-19, percebemos o quão importante é estarmos inseridos em um ambiente saneado e saudável. Para isso, tivemos a preocupação de ir além do que os protocolos de monitoramento e controle exigem, para garantir a qualidade e a segurança da água que é distribuída à população de Matão”, reforça o gerente.

Fonte: O Regional.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Sanepar inicia obra de transposição do trecho paranaense do Rio Capivari