Notícias

Mercado de tecnologias de tratamento de efluentes deve chegar a US$ 55 bilhões até 2023

De acordo com a Trends Market Research, o mercado de equipamentos de tratamento de efluentes terá uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de mais de 6% entre 2016 e 2023.

mercado-tecnologias-tratamento-efluentes

Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) –  Imagem: Wikimedia Commons

Rigorosos regulamentos governamentais sobre o descarte de efluentes industriais e municipais impulsionam o crescimento no mercado de tecnologia de tratamento de água nos procedimentos de reciclagem e reúso.

LEIA TAMBÉM: A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO DE EFLUENTES NO REAPROVEITAMENTO DE ÁGUA EM INDÚSTRIAS.

O mercado de tecnologia de tratamento de água é segmentado com base em sistemas de bombeamento, produtos químicos, sistemas de membranas e geografia. O segmento de sistemas de bombeamento é dividido em bombas, válvulas e controles e sistemas de automação. Em 2015, a divisão de válvulas e controles detinham a maior participação de mercado e deve manter essa tendência durante o período previsto. Os EUA dominam o mercado devido à conscientização pública sobre água potável, alto PIB, paridade de poder aquisitivo e disponibilidade de recursos. A China é o segundo maior mercado e espera-se que seja o mercado que mais cresça no período previsto.

mercado-tecnologias-tratamento-efluentes

Imagem: Nirian/iStock

Em 2015, havia mais de 17.000 usinas de dessalinização em todo o mundo. O aumento de processos com eficiência energética provavelmente criará oportunidades para dessalinização híbrida e solar. Os equipamentos de filtração usados para aplicações municipais e industriais estão disponíveis com ampla variedade.

Os processos industriais que usam água sempre precisam de testes específicos, que são determinados pela medição de parâmetros como condutividade, pH, teor de oxigênio dissolvido (OD), temperatura e outros compostos dissolvidos, como contagem microbiana e amônia. Prevê-se que regiões como a Europa e a América do Norte testemunhem alta demanda por esse método, devido a normas rigorosas relativas à descarga de efluentes industriais em corpos d’água.

Referência:  WATER TECHNOLOGY STAFF, adaptado por Portal Tratamento de Água

Traduzido por Gheorge Patrick Iwaki


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *