Notícias

Iniciativa reúne esforços públicos e privados para impulsionar o mercado de pesticidas naturais no Brasil

Publicado em 08/11/2018 às 14:29:10

Pesquisa, que busca em resíduos de biomassas vegetais e de microrganismos soluções para combater pragas agrícolas, é tema do Conexão Ciência.

A jornalista Fernanda Diniz entrevista Patrícia Abdelnur (Embrapa) e Marcelo Rolim (Santa Clara)

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Santa Clara Agrociência Industrial Ltda. estão conjugando as suas expertises para pesquisar ativos biológicos em resíduos de biomassas vegetal e microbiana com potencial para controlar nematoides. A iniciativa, que conta ainda com a cooperação da startup paulista Demetra Tecnologia, do Sebrae ( Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas ), de São Paulo, e da EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), é tema do programa Conexão Ciência que foi ao ar hoje dia 06/11, às 19h15 na TV NBR. O programa, produzido em parceria entre a Embrapa e a emissora do governo federal, fica disponível também no YouTube.

embrapa

A pesquisadora da Embrapa Agroenergia, Patrícia Abdelnur, e o diretor técnico da Santa Clara, Marcelo Rolim ( foto ), falam sobre a importância das parcerias público-privadas para impulsionar o agronegócio brasileiro. A Santa Clara Agrociência Industrial Ltda. é uma empresa brasileira sediada em Jaboticabal/SP, com 50 anos de experiência no mercado agrícola nacional e internacional, com filiais em mais de 30 países. A Embrapa, por sua vez, completou, em 2018, 45 anos de serviços prestados à agropecuária nacional.

A cooperação técnica entre essas instituições representa a união de décadas de competência técnica no setor agrícola com a modernidade e inovação tecnológica garantidas pela presença da startup. Vale destacar ainda o apoio da EMBRAPII. Criada pelo governo federal em 2013 estimula as empresas brasileiras a se tornarem mais competitivas nos mercados nacional e internacional, compartilhando com elas os riscos na fase pré-competitiva da inovação.

A Embrapa Agroenergia é hoje a única unidade de pesquisa da Embrapa credenciada da EMBRAPII. Patrícia é a coordenadora dessa parceria e afirma que abre muitas portas para cooperações com o setor privado. “Existem atualmente quatro grandes projetos na Unidade apoiados pela Empresa”, complementa a pesquisadora.

A pesquisa: biomassa contra os nematoides

A pesquisa está em fase inicial e, por isso, ainda não é possível falar de resultados. Patrícia explica que o desenvolvimento de tecnologias para aproveitamento racional de biomassa é uma das prioridades da Embrapa Agroenergia desde a sua criação em 2006. “Nas biomassas vegetais e microbianas podem estar as respostas para vários problemas que afligem os produtores. Além disso, representam um manancial de possibilidades à disposição da ciência com potencial para alavancar a economia sustentável do País”, pontua.

No caso em questão, os pesquisadores buscam nas biomassas de plantas e microrganismos ativos biológicos com potencial para controlar os nematoides. Essas pragas causam prejuízos anuais superiores a R$ 35 bilhões ao agronegócio nacional, de acordo com levantamento da Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN). Danos dessas proporções se explicam em parte pela ampla distribuição geográfica, pois ocorrem em praticamente todas as regiões de importância agrícola no País, mas, principalmente, pela capacidade de causar perdas de até 80 % de produtividade em culturas como soja, algodão, feijão, café, entre outras.

sistema-radicular

Sistema radicular atacado por Meloidogyne spp

O controle dos nematoides em culturas de grande extensão é caro e difícil e, por isso, empresas de pesquisa e ensino públicas e privadas no País se unem para desenvolver soluções inovadoras capazes de ajudar os produtores nacionais a se livrarem desses minúsculos parasitas. Entre as pesquisas nessa área, destacam-se plantas resistentes, uso de insetos e microrganismos como agentes de controle biológico, entre outras.

Conexão Ciência: conhecimento ao alcance de todos

O Conexão Ciência é produzido em parceria pela Embrapa e a NBR e vai ao ar todas as terças-feiras na TV do Governo Federal, às 19h15. O programa também pode ser assistido pelo canal da NBR no Youtube. Saiba como sintonizar a NBR na página da EBC Serviços na internet.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *