Notícias

Obra vai interligar nova ETA ao sistema de abastecimento de Nova Odessa/SP

Publicado em 24/07/2019 às 10:50:50

A Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), por meio da empresa Cadre Engenharia Ltda., iniciou na segunda-feira (22) a implantação da tubulação que vai conectar a ETA Santo Angelo, segunda estação de tratamento de água do município, em construção na região do Pós-Anhanguera, ao sistema de abastecimento da cidade.

eta

A obra, que deve ser concluída em até dez dias, foi orçada em R$ 228 mil e será executada com recursos próprios da empresa municipal de saneamento, que é responsável pelos serviços de água e esgoto, além do manejo de resíduos sólidos.

Para fazer a interligação, a empresa contratada vai instalar 120 metros de tubos PEAD (Polietileno de Alta Densidade) – feitos com material mais resistente, durável e seguro – sob a Rodovia Anhanguera, na altura do quilômetro 119. A obra prevê a perfuração subterrânea de um ponto a outro da rodovia e a travessia da rede, com tubulação de 250 milímetros de diâmetro, dentro de um tubo-camisa de 355 milímetros do mesmo material.

“A interligação dos sistemas é um marco para a história de Nova Odessa, que reforça nosso compromisso e trabalho pelos bairros da região do Pós-Anhanguera. Essa obra significa a integração dos dois lados da cidade e a garantia de que, em pouco tempo, 100% do município terá água tratada encanada em casa”, avaliou o prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza.

Disponibilidade de água

Segundo o diretor-presidente da Coden, Ricardo Ongaro, a interligação vai garantir o aumento da disponibilidade de água em todo município.

“Quando entrar em funcionamento, a nova ETA vai tratar até 3,6 milhões de litros por dia. Esse volume vai entrar no sistema e faremos o gerenciamento da distribuição conforme a necessidade, dando toda a sustentabilidade para o crescimento populacional da cidade”, explicou Ongaro.

A travessia por método não destrutivo foi autorizada pela Autoban, empresa que administra o sistema Anhanguera-Bandeirantes. Em junho, o gerente técnico operacional da Coden, Rean Sobrinho, e os funcionários da Cadre que vão trabalhar na obra participaram de um treinamento na sede da concessionária, em Jundiaí. No curso, eles receberam orientações sobre procedimentos de segurança necessários para o trabalho na rodovia.

Mais investimentos, mais água

A ETA 2 vai beneficiar diretamente 11 bairros e aumentará a capacidade de tratamento de água do município para 105 mil moradores – atualmente, Nova Odessa tem 59,3 mil habitantes, segundo estimativa feita no ano passado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A nova estação coloca Nova Odessa em sintonia com o PNSH (Plano Nacional de Segurança Hídrica), lançado em abril pelo MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional) e a ANA (Agência Nacional de Águas).

Com mais de R$ 50 milhões em investimentos nos últimos seis anos, a Coden reduziu o índice de perdas de água tratada no sistema (água que se perde entre os reservatórios e as residências) de 45,1% em 2012 para 26% em 2018 e ampliou a disponibilidade de água na rede. Em 2013, a empresa tratava 17,5 milhões de litros de água por dia para atender toda a cidade. Hoje, a companhia consegue atender uma população maior tratando 3 milhões de litros a menos.

Fonte: CODEN.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *