Notícias

Dessalinização: Camilo visita empresas na Itália

Segundo o governador, será aberta a licitação para construir a usina de dessalinização do Ceará, que será a maior do País.

dessalinizacao-italia

Dois consórcios manifestaram interesse em realizar estudos para a implantação de uma usina na Região Metropolitana de Fortaleza ( FOTO: EDUARDO QUEIROZ ).

O governador do Ceará, Camilo Santana, vai visitar, na próxima quinta-feira (23), empresas na área de dessalinização na Itália. 

Camilo está em Roma em viagem oficial onde hoje (22) tem encontro com o papa Francisco. “Na quinta, eu estarei com o embaixador do Brasil em Roma e vou visitar algumas empresas para conhecer experiências em dessalinização de água que é um projeto que nós vamos implantar no Ceará no ano que vem”, disse o governador através de bate-papo com internautas.

Ainda segundo ele, o estudo para a planta de dessalinização já foi licitado e será entregue até o fim deste mês ou no início do ano que vem.
“Já vamos abrir a licitação para iniciar a construção da maior usina de dessalinização de água do Brasil que vai ser na Capital cearense”,
afirmou Camilo.

Em outubro, dois consórcios, sendo um coreano e um espanhol, entregaram propostas de manifestação de interesse em apresentar estudos para instalação de uma Planta de Dessalinização de Água Marinha para a Região Metropolitana de Fortaleza, com capacidade de 1 metro cúbico (m³) por segundo. Os grupos internacionais, que atuam no País, são liderados pela empresa sul coreana GS Inima Brasil e pela espanhola Acciona Água S/A.

Prazo

De acordo com o Governo do Estado, em um prazo de até 30 dias, a Cagece divulgará se as empresas estão habilitadas para fazer o estudo.
Conforme edital, mais de uma empresa poderá ser autorizada, sendo que ao nal
do processo apenas a que apresentar o melhor estudo
será remunerada.

Após a autorização pela Cagece, a empresa – ou as empresas – por meio do regime de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI),
terá até 150 dias para desenvolver e apresentar os estudos. A avaliação das propostas conta com o suporte da Fundação Getulio Vargas.

Novo sistema

A instalação de uma planta de Dessalinização de Água Marinha para a Região Metropolitana de Fortaleza tem por objetivo incrementar a
oferta de água para o sistema integrado de abastecimento e garantir segurança hídrica para os municípios atendidos pelo sistema.
O novo sistema vai gerar inicialmente um metro cúbico por segundo. O incremento vai significar aumento de 12% na oferta de água, beneficiando cerca de 720 mil pessoas. Entre os estudos e projetos que serão desenvolvidos pela empresa selecionada estão Diagnóstico e Estudos de Demanda; de Impacto Ambiental; de Viabilidade; Estrutura de Financiamento e Garantias; Plano de Comunicação; etc.

Segundo o presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Neuri Freitas, desde o início do projeto, empresas de cinco paísesestavam interessadas no documento. Além da coreana e da espanhola, empresários da Alemanha, Itália e Israel também teriam
manifestado desejo no documento.

Fonte: Diário do Nordeste


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *