Notícias

Copenhague proíbe investimentos em combustíveis fósseis

Publicado em 09/06/2016 às 09:42:17

A capital dinamarquesa anunciou nesta semana o banimento de novos investimentos em combustíveis fósseis. O conselho municipal de Copenhague concordou em alienar as participações destinadas a este tipo de energia, que somavam 920 milhões de euros.

                                   153

A decisão segue uma medida já aplicada em outras cidades europeias comprometidas com políticas de baixa emissão de carbono e foi comemorada por organizações ambientais. “A decisão de Copenhague mostra que a indústria de combustíveis fósseis está perdendo rapidamente a sua aceitação social e, consequentemente, a sua influência política”, comentou Melanie Mattauch, Coordenadora Europeia de Comunicação do movimento 350.org, em declaração ao site Cities Today.

A medida adotada por Copenhague proíbe investimentos em empresas que ganham mais de 5% de sua receita a partir de carvão, petróleo e gás. Além das empresas que trabalham diretamente com a produção deste tipo de energia, a decisão afeta também as companhias que fornecem equipamentos e serviços para a indústria de combustível fóssil.

A capital foi o terceiro município dinamarquês a aderir a essa política, seguindo Roskilde e Frederica. Na Europa, outras grandes cidades já haviam adotado o modelo, entre elas: Paris, Oslo e Newcastle. Outras capitais, como Berlim, Amsterdã e Estocolmo, também estudam aplicar a mesma medida.

“As cidades que proíbem os investimentos em carvão, petróleo e gás assumem uma posição importante contra uma indústria cujo modelo de negócios é incompatível com um clima seguro”, comentou Melanie. Ela ainda conclui a opinião dizendo que esta nova política permite que as cidades invistam em melhorias para a comunidade e para o clima, como novas estruturas e projetos destinados às energias renováveis.

Fonte: Ciclo Vivo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *