NOTÍCIAS

Cerveja artesanal produzida a partir de água de esgoto vence prêmio internacional

Sim, é verdade! Você leu direito. A cerveja leva água no seu processo de fabricação.

A cerveja artesanal VIRA de Lisboa/Portugal, produzida com água de reúso, venceu o prêmio “Water Reuse Europe 2021 Innovation Prize”

Cerveja artesanal

Imagem ilustrativa Canva – Cerveja artesanal

Criado pela Tejo Atlântico, o projeto VIRA quer mostrar como se podem mudar mentalidades e atitudes no que diz respeito ao reúso da água.

E a prova disso aconteceu com a entrega do prémio “Water Reuse Europe 2021 Innovation Prize” à cerveja artesanal VIRA.

Tecnologia envolvida

A VIRA é uma cerveja artesanal fabricada a partir de água de reúso (água+), ou seja, de esgoto.

Mas calma! Ninguém vai ficar mal disposto por beber esta cerveja, já que o processo do fabricação é realizado através de um tratamento complementar de ozonização e osmose reversa. Ou seja, é 100% segura!

Como sabemos, nunca foi tão importante, como nos dias de hoje, fazer de tudo para enfrentar as mudanças climáticas e aquilo que isso implica no setor da água: as secas e as inundações.


LEIA TAMBÉM: CONHEÇA DUAS CERVEJAS FEITAS COM ÁGUA RECICLADA DO ESGOTO


 

É aqui que entram as Fábricas da Água, o futuro deste setor, que pretendem reciclar e produzir aquilo a que se chama de água+.

Esta “nova” água é produzida com objetivos próprios, com a quantidade adequada para cada uma das finalidades, como é o caso da produção desta cerveja artesanal.

Foi com este pensamento que a Águas do Tejo Atlântico, a “Moinhos Água e Ambiente” (responsável pelo tratamento complementar da água+) e a “Cerlinx” (produtora artesanal da cerveja Lince), produziram uma cerveja com água de esgotos reciclada, fabricada a partir de água+, a VIRA, que pretende mudar os nossos hábitos e costumes.

O projeto

O caráter inovador desta iniciativa de comunicação tem como objetivo angariar fãs e apoiar gestores na implementação de boas práticas ambientais, na utilização racional da água e no seu aproveitamento, depois do tratamento, para reutilização com aptidão para rega de espaços verdes, lavagem de ruas e na indústria.

Este prémio veio confirmar a aposta estratégica da Tejo Atlântico no conceito das Fábricas de Água e no reúso da água, no âmbito da economia circular e da sustentabilidade.

CLIQUE AQUI para assistir o vídeo do processo de criação da cerveja artesanal com água de reúso.

Fonte: Lisboa Secreta
Adaptado para Portal Tratamento de Água


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM FRANCA TEM POTENCIAL PARA DOBRAR, CONFORME PLANEJAMENTO DA SABESP

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: RECUPERAÇÃO DE FLORESTAS, COMO O BNDES QUER ACELERAR