BIBLIOTECA

Monitoramento de variáveis físico-químicas da água do córrego da onça, Três Lagoas – MS

Introdução: Embora dependam da água para sobrevivência e para o desenvolvimento econômico, as sociedades humanas poluem e degradam este recurso. A diversificação dos usos múltiplos, o despejo de resíduos líquidos e sólidos nos ambientes aquáticos relacionados ao crescimento populacional e ao grau de urbanização tem provocado contínua e sistemática degradação e perdas elevadas em quantidade e qualidade da água (TUNDISI, 2003). A preocupação com a degradação dos recursos hídricos e as perspectivas de escassez faz com que seja necessária uma interpretação eficaz da qualidade das águas. Portanto, torna-se necessária a utilização de poucos e significativos parâmetros que permitam avaliar e monitorar, de forma objetiva e adequada, a qualidade dos recursos hídricos (DONADIO et al., 2005). Vários processos podem influenciar a qualidade da água de um manancial, ou seja, qualquer alteração na bacia hidrográfica pode ocasionar alterações significativas nas características físicas, químicas e biológicas da água. Essas características são indicadores da saúde do ecossistema aquático, que podem ser utilizadas para o controle e o monitoramento das atividades desenvolvidas em uma bacia hidrográfica (MARGALEF, 1994). O Córrego da Onça é um exemplo de corpo hídrico que está sujeito à intensa degradação da qualidade de sua água. Este córrego atravessa o município de Três Lagoas – MS e ao longo do seu percurso sofre interferências da urbanização e da pastagem, além de receber o efluente da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do município. Assim, o objetivo desse capítulo foi monitorar durante doze meses as variáveis físicoquímicas de temperatura, pH e concentração de oxigênio dissolvido na água do Córrego da Onça, município de Três Lagoas, Estado do Mato Grosso do Sul, afim de avaliar por meio dessas variáveis a qualidade da água desse corpo hídrico.

Autores: Juliana Heloisa Pinê Américo-Pinheiro; Letícia de Oliveira Manoel e Nádia Ortense Torres.

Leia o estudo completo: monitoramento-de-variaveis-fisico-quimicas-da-agua-do-corrego-da-onca-tres-lagoas-ms