BIBLIOTECA

Isolamento e identificação de salmonella spp nas águas de rios e córregos do município de São Caetano do Sul – SP

Resumo: Os rios e córregos recebem diariamente grande quantidade de esgotos e contaminantes diversificados, que durante as inundações podem invadir casas, escolas, comércios, prejudicando a saúde da população que entra em contato com a água contaminada. Desta maneira, o objetivo deste estudo foi isolar e identificar Salmonella spp. nas águas de rios e córregos de São Caetano do Sul, uma região que possui áreas com sérios problemas de escoamento de águas superficiais, assim sujeita a inundações constantes pelas águas dos rios e córregos pesquisados. O estudo foi baseado em metodologias para realizar o isolamento e identificação de Salmonella spp., sendo escolhidos os seguintes pontos de coletas: Rio Tamanduateí, Rio dos Meninos, Córrego dos Moinhos, Córrego Utinga e Córrego das Grotas. Após a coleta foram feitas as análises microbiológicas por tubos múltiplos, isolamento e identificação, inoculação nos meios de cultura Ágar Salmonella-Shigella, Ágar Eosina Azul de Metileno e Ágar Verde Brilhante. Todos os pontos analisados apresentaram resultado positivo para presença de coliformes totais o que já era de se esperar, pois segundo o Instituto Trata Brasil, com dados de 2013, na região de influência desses rios e córregos são tratados em média 60% do esgoto total. A Salmonella spp., não esteve presente em rios que antes se encontrava, devido a possibilidade de fatores ambientais como algum tipo de poluente que seja inibidor do desenvolvimento dessa bactéria, porém para isso será necessário um estudo mais aprofundado desses fatores.

Autores: Marta Angela Marcondes; Alinne Maria Fontes Oliveira; Ezequiel Gois; Paula Simone da Costa Larizzatti; Lucas de Faria Polaquini e Fernanda Amate Lopes.

Leia o estudo completo: Isolamento e identificação de salmonella spp nas águas de rios e córregos do município de São Caetano do Sul – SP