BIBLIOTECA

Conhecimento sobre a água: uma fonte de informações

CONHECIMENTOS SOBRE A ÁGUA: UMA FONTE DE INFORMAÇÕES

Se a quantidade de água existente no mundo fosse comparada a um galão (3,8 litros), o total de água doce seria igual a 4 onças (118 mililitros) ou 3 por cento, e o total de água doce imediatamente acessível chegaria a 2 gotas. (Miller, G.T. 1998. Living in the Environment, 10th Edition. Wadsworth Publishers, Belmont, California)

Os seres humanos já utilizam aproximadamente 54 por cento de toda a água acessível que flui na superfície (água doce utilizável e renovável). Espera-se que essa estatística se eleve a 70 por cento até o ano de 2025. (Postel, Daily & Ehrlich. 1996. Human Appropriation of Renewable Fresh Water. Science 271:785-788)

Atualmente, pelo menos 400 milhões de pessoas vivem em regiões onde ocorre grande escassez de água. Até o ano 2025, esse número chegará a 4 bilhões. (Hinrichsen, D., B. Robey, and U.D. Upadhyay. 1998. Solutions for a Water-Short World. Population Reports, Series M, No. 14, Johns Hopkins University School of Public Health, Population Information Program, Baltimore, Maryland)

Uma melhoria de apenas 10 por cento na eficiência da distribuição de água para sistemas de irrigação conservaria água suficiente para dobrar a quantidade de água potável disponível no mundo inteiro. (Environment On-line, http://solstice.crest.org/environment/eol/water/water7.html)

Aproximadamente 40 por cento da população do mundo vive em mais de 200 bacias de rios cada uma dessas bacias é compartilhada por pelo menos três países. (Serageldin, I. 1995. Toward Sustainable Management of Water Resources. The World Bank, Washington, D.C.)

Aproximadamente 450 quilômetros cúbicos de águas servidas são levados até o litoral pelos rios e riachos a cada ano. Essas cargas de poluição requerem uma quantidade adicional de 6.000 quilômetros cúbicos de água doce para diluir a poluição, uma quantidade equivalente a dois terços da água disponível e estável do mundo. (Hinrichsen, D. 1998. The Ocean Planet. People and the Planet 7(2):2-4)

Até o ano 2025, as projeções de população indicam que 75 por cento da população do mundo (6,3 bilhões de pessoas) poderão estar residindo em áreas litorâneas. (Hinrichsen, D. 1998. Coastal Waters of the World: Trends, Threats, and Strategies. Island Press)

Na Ásia, aproximadamente 86 por cento de toda a água doce utilizada se destina à agricultura, 8 por cento à indústria, e 6 por cento a finalidades domésticas. (European Schoolbooks (ES). 1994. The Battle for Water: Earth’s Most Precious Resource. ES, Cheltenham, UK)

A Ásia, com 60 por cento da população do mundo, só tem 36 por cento de toda a água doce disponível dessa quantidade, 80 por cento ocorre em inundações de maio a outubro, excedendo a capacidade de armazenamento por meios artificiais e dificultando a captação. (Clarke, R. 1993. Water: The International Crisis. MIT Press, Boston, Massachusetts)

No decorrer das duas próximas décadas, somente o aumento populacional – sem falar no aumento da demanda per capita – deverá causar escassez de água em todo o Oriente Próximo. (Hinrichsen, D., B. Robey, and U.D. Upadhyay. 1998. Solutions for a Water-Short World. Population Reports, Series M, No. 14, Johns Hopkins University School of Public Health, Population Information Program, Baltimore, Maryland)

Os rios da Ásia apresentam, em média, 20 vezes mais chumbo do que os rios dos países industrializados, e , em média, 50 mais bactérias originárias de fezes humanas do que a quantidade permitida pelas normas da OMS. (Kristof, N.D. 1997. New York Times 11-28-97, Across Asia, a Pollution Disaster Hovers, p. A1)

Aproximadamente 500.000 asiáticos morrem por causa de água suja e saneamento inadequado. (Kristof, N.D. 1997. New York Times 11-28-97, Across Asia, a Pollution Disaster Hovers, p. A1., citing WHO and World Bank)

Fonte: http://usinfo.state.gov/journals/itgic/0399/ijgp/ij039909.htm